Walter Alves / O Estado do Paraná
Técnico convocou a galera tricolor.

Paciência é a “palavra-chave” do Paraná Clube para o jogo desta tarde 16h, no Pinheirão , frente à Ponte Preta. O técnico Paulo Campos prevê uma partida truncada e convoca a galera para ser o ponto de apoio para mais uma vitória no Brasileirão. O Tricolor busca a manutenção do aproveitamento máximo em casa para chegar na ponta da tabela. Um resultado positivo deve deixar o representante paranaense entre os quatro primeiros colocados, em uma rodada com duelos entre oito dos nove primeiros colocados da competição.

Para chegar ao objetivo, o técnico aposta na regularidade defensiva obtida nas duas últimas partidas. Para suprir a ausência de Axel, escalou Nilson, volante que veio do Iraty e fez bons treinos ao longo da semana. A característica do jogador mais eficaz na marcação à frente da zaga pesou na escolha de Paulo Campos. “Além disso, ele fez um bom campeonato paranaense e tem um entrosamento muito bom com o Nelinho. Essa sincronia entre zaga e meio-de-campo é fundamental numa partida como essa”, acredita o treinador. Na zaga, Carlinhos volta após cumprir suspensão, na vaga de Lombardi, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Na ótica de Paulo Campos, o jogo será de poucas oportunidades ofensivas. Por isso cobrou precisão dos atacantes nas finalizações. Durante toda a semana, Campos chamou a torcida paranista, que pela primeira vez chega à rodada motivada por um bom resultado fora de casa.

Para mandar bola na rede, o Paraná confia na eficiência de Galvão. O artilheiro da equipe com quatro gols deixou sua marca em todos os jogos disputados no Pinheirão. Na última jornada em casa, frente ao Cruzeiro, marcou em dose dupla. Só que o atacante ainda depende de uma revisão médica. No treino de sexta-feira, ele chocou-se com a trave e sofreu um corte na perna esquerda. Levou quatro pontos e ontem não treinou. Por precaução, a comissão técnica relacionou um jogador a mais para a concentração e Adriano está de sobreaviso, mas Galvão acredita que estará em campo. O objetivo é marcar um gol para dedicar ao filho José Vítor, que nasceu na última sexta-feira.

CAMPEONATO BRASILEIRO – 7.ª RODADA
PARANÁ CLUBE x PONTE PRETA

PARANÁ – Flávio; Cláudio, Carlinhos, Nelinho e Edinho; Nilson, Beto, Wiliam e Fernando; Wellington Paulista e Galvão (Adriano). Técnico: Paulo Campos.

PONTE PRETA – Lauro; André Cunha, Gustavo, Alexandre e Alan; Marcus Vinícius, Romeu, Flávio e Vânder; Weldon e Flávio Guilherme. Técnico: Estevam Soares.

Local: Pinheirão (Curitiba).

Horário: 16h.

Árbitro: Fabrício Neves Corrêa (RS).

Assistentes: Sérgio Buttes (RS) e Vili Tissot (RS).