O zagueiro Paulo André, que retornará ao time titular do Corinthians depois de ter cumprido suspensão na derrota por 2 a 1 para o América-MG, no último domingo, em Uberlândia, acredita que o time paulista deverá ser campeão nacional se ganhar quatro dos cinco jogos que lhe restam até o final do Campeonato Brasileiro. O jogador fez a projeção nesta quarta-feira ao comentar o fato de a equipe ter somado apenas quatro pontos nos últimos três confrontos que disputou na competição.

“Pelas minhas contas, precisamos de 70 pontos, ou quatro vitórias em cinco jogos. Talvez um pouco menos, mas é melhor errar para mais. Mas por que não tentarmos ganhar os cinco jogos?”, afirmou o defensor.

Já ao ser lembrado de que Pelé apontou o Corinthians como provável campeão brasileiro, durante um evento realizado na última terça-feira à noite, Paulo André mostrou otimismo e deixou em segundo plano o fato de que o maior jogador da história do futebol é famoso também pelas previsões erradas. “Eu concordo com o Pelé e só depende de nós. Temos condição de conquistar o título nas últimas cinco rodadas”, acrescentou.

Paulo André ainda deixou claro que o mais importante nesta reta final de Brasileiro é ser eficiente e fez um alerta aos companheiros de equipe, que neste domingo enfrentará o Atlético-PR, no Pacaembu, antes de viajar até Fortaleza para encarar o Ceará, na quarta-feira. “Precisamos de atenção nos últimos cinco jogos e vamos pensar primeiro no jogo contra o Atlético-PR, e depois no Ceará. Agora, 1 a 0 já é goleada e vamos buscar os três pontos”, disse, admitindo em seguida que a inesperada derrota para o América-MG deixou o clima tenso no Corinthians. “Todos sentiram o baque, e isso gerou uma semana de dúvidas, incertezas e contestações. Só uma vitória vai mudar isso.”

Diante do Atlético-PR, Paulo André voltará a formar dupla de zaga com Leandro Castán, que também cumpriu suspensão contra o América-MG. Já o lateral-direito Alessandro, suspenso, dará lugar a Welder. O meia Alex, lesionado, já foi vetado do confronto de domingo e também não terá condições de encarar o Ceará.

O atacante Jorge Henrique, que pode voltar ao time após se recuperar de lesão, não treinou com bola nesta quarta pela manhã, assim como Emerson e Adriano, que foram poupados. Estes dois últimos, porém, não são dúvidas. Adriano, que não é relacionado para um jogo há quatro rodadas, deve ficar no banco de reservas desta vez.