No dia de seu 103.º aniversário, o Corinthians presenteou os quase 40 mil torcedores que estiveram no Pacaembu com uma bela vitória sobre o Flamengo pela 17.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o time paulista voltou a exibir um belo futebol, o que não acontecia há algum tempo, e não teve maiores dificuldades para golear por 4 a 0 o rival carioca. Alexandre Pato foi o destaque do confronto, marcando dois gols. O terceiro foi de Romarinho e Guerrero completou o placar.

O resultado reaproximou o Corinthians do G4, com 29 pontos na quinta colocação, um ponto atrás do Botafogo, quarto colocado que ainda atua na rodada. Na próxima rodada, o time do técnico Tite enfrenta o Internacional, quarta-feira, no Estádio do Vale. No mesmo dia, o Flamengo, 15.º lugar, com 19 pontos, tentará a recuperação contra o Vitória, no Maracanã.

O cenário deste domingo foi perfeito para o torcedor corintiano, que pôde comemorar o aniversário do clube com uma vitória inquestionável. Uma das torcidas organizadas colocou em volta do gramado 103 bandeiras com ídolos do clube, e os antigos craques do time paulista pareceram “inspirar” os atuais jogadores, que desempenharam um futebol que não vinham mostrando.

O JOGO – O primeiro bom momento foi do Flamengo, e logo aos cinco minutos. Rafinha recebeu pela direita e cruzou. Paulinho dominou e, pressionado pela defesa, bateu por cima. O Corinthians tentou responder com Pato, que chutou de longe para fora. As duas equipes exibiam um estilo de jogo parecido, com muita marcação e pouca criatividade para armar jogadas.

Mesmo sem muito poder ofensivo, o Corinthians chegou ao primeiro gol aos 24 minutos. Romarinho tabelou com Douglas, que deu lindo toque de calcanhar para o atacante. Ele bateu cruzado e encontrou Alexandre Pato, que completou. Na sequência o Flamengo tentou responder com Elias, mas Cássio saiu bem e abafou.

O time carioca foi para cima tentar o empate, mas o Corinthians aproveitou os contra-ataques para chegar ao segundo gol. Aos 34 minutos, Douglas puxou contra-ataque e deu linda enfiada de bola para Pato, que driblou Felipe e, mesmo com pouco ângulo, chutou para o gol, marcando um belo gol.

Mano Menezes voltou para o segundo tempo com Gabriel no lugar de Carlos Eduardo e o Flamengo partiu para cima em busca da reação. Mas a primeira chance foi do Corinthians. Logo aos dois minutos, Romarinho desviou de cabeça para Guerrero, que deu belo corte em Wallace e bateu, mas pegou mal e jogou para fora. Aos 12, Ralf aproveitou sobra de bola e chutou com perigo.

Aos poucos o Flamengo foi crescendo e passou a assustar, principalmente em jogadas com Gabriel, que entrou bem, e André Santos. A melhor chance do time carioca saiu aos 21 minutos, quando o árbitro marcou falta em toque de braço de Felipe, que não ocorreu, e Chicão bateu com perigo. Três minutos depois, Edenílson bobeou, André Santos roubou a bola e só não marcou porque Cássio estava esperto e saiu bem.

Quando o Flamengo vivia seu melhor momento na partida, o Corinthians chegou ao terceiro, aos 30 minutos. Edenílson cruzou pela direita e Chicão tirou mal. Pato aproveitou o rebote e bateu, mas o zagueiro flamenguista se recuperou e afastou. A bola voltou para Romarinho, que dominou e estufou a rede. Desanimando, o time carioca já não exibia a mesma intensidade e Emerson quase marcou o quarto aos 36.

No minuto seguinte, o próprio atacante foi lançado em contra-ataque, tentou o drible para cima de João Paulo e foi derrubado. O árbitro marcou pênalti, que Guerrero cobrou no canto direito de Felipe para fazer a vitória virar goleada. Chicão tentou responder na sequência, em cobrança de falta que passou perto, mas já era tarde.

 

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 4 X 0 FLAMENGO

CORINTHIANS – Cássio; Edenílson, Gil, Felipe e Fábio Santos (Alessandro); Ralf, Ibson e Douglas (Maldonado); Romarinho, Alexandre Pato (Emerson) e Guerrero. Técnico: Tite.

FLAMENGO – Felipe; Paulinho, Chicão, Wallace e João Paulo; Luis Antonio, Elias (Diego Silva), André Santos e Rafinha (Nixon); Carlos Eduardo (Gabriel) e Marcelo Moreno. Técnico: Mano Menezes.

GOLS – Alexandre Pato, aos 24 e aos 34 minutos do primeiro tempo. Romarinho, aos 30 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Wilton Pereira Sampaio (GO).

CARTÕES AMARELOS – Ralf, Felipe, Romarinho (Corinthians); Rafinha, João Paulo (Flamengo).

RENDA – R$ 1.398.234,50.

PÚBLICO – 36.543 pagantes (39.371 total).

LOCAL – Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).