O técnico Carlos Alberto confirmou nesta sexta-feira que não vai escalar a força máxima do Fluminense na partida contra o Barueri, domingo, fora de casa, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador já pensa no segundo duelo com o Corinthians pelas quartas de final da Copa do Brasil.

“Tem decisões que só o treinador pode tomar. Um caso típico é o João Paulo. Caso ele se machuque, vamos jogar contra o Corinthians sem ter um lateral específico. Ele será poupado por esta razão. Ele está se saindo muito bem. Esse é só um exemplo”, explicou.

Parreira preferiu não confirmar a escalação do Fluminense para o duelo em Barueri, mas adiantou que os meio-campistas Diguinho e Conca devem começar jogando no domingo. “O Diguinho e Conca poderão começar o jogo sim. Estamos vendo e é quase certo, até para ganhar ritmo”, disse.

No ano passado, o Fluminense poupou titulares no Brasileirão durante a disputa da Libertadores e quase foi rebaixado. Por isso, Parreira fez questão de avisar que não pretende tornar corriqueira a decisão de colocar um time reserva em campo.

“Posso poupar em outras situações, mas não será frequente. Acho que jogador tem que jogar, mas contra o Corinthians é importante poupar. Isso não vai acontecer rotineiramente, a torcida pode ficar sossegada”, prometeu.