enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Paranoia impede César Cielo de virar surfista

Recordista mundial afirmou que nas suas férias ele evita nadar

Maior nadador da história do Brasil, Cesar Cielo diz que gostaria muito de aprender a surfar, mas uma paranoia o impede de começar. O recordista mundial dos 50 m e 100 m livre afirmou que nas suas férias evita nadar.

“Uma vez fui para a praia, mas só fiquei na areia”, afirmou o nadador, que conquistou o bronze nos 50 m livre em Londres-12. “Como estava muito quente, achei uma ducha num quiosque para não entrar no mar. Fica esta paranoia de não querer entrar na água”.

Cielo diz que sempre vê o pessoal pegando onda fica com vontade de aprender, mas desiste para não ter que entrar na água. “Eu penso: Ainda não. Vai ter que esperar mais alguns anos”.

Depois da Olimpíada, Cielo ficou apenas quatro dias longe da piscina e a partir de segunda disputa o Troféu José Finkel, em São Paulo.

Somente após a competição, na qual defende o Flamengo, ele deve tirar duas ou três semanas de férias.

“Volto quando sentir falta de nadar. Mas se em três semanas eu não estiver com saudades vou voltar forçado”, brincou.

Questionado onde passaria as férias, Cielo disse que não sabe ainda. “Acho que vou para um lugar onde faça muito frio, com neve para nem banho dar vontade de tomar”, disse, em tom de gozação. O brasileiro também falou sobre as críticas do ex-nadador russo Alexander Popov.

Ex-recordista mundial, o bicampeão olímpico dos 50 m e 100 m livre e atual membro do COI (Comitê Olímpico Internacional) desdenhou da medalha de bronze de Cielo em Londres.

Popov nunca escondeu sua insatisfação com o caso de doping envolvendo Cielo em 2011. O brasileiro foi pego com furosemida, alegou contaminação e recebeu apenas uma advertência.

“Não conheço o Popov pessoalmente. Nunca apertei a mão dele”, afirmou Cielo. “Encontrei com ele uma vez em 2009, quando estava acontecendo a disputa da sede olímpica. Ele estava dando entrevista, eu passei e dei um oi”.

O brasileiro também disse que cruzou com o russo em Londres. “Mas eu estava caminhando para a minha prova e achei que não era a hora de desfocar”.

“Não vou agradar todo mundo”, afirmou Cielo. “Não posso deixar esses comentários me abalarem. Se eu deixar o único prejudicado serei eu”.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas