Fruto do vice-campeonato estadual de 2003, o Paranavaí ganhou vaga na Copa do Brasil, um fato inédito em sua história. A estréia no torneio da CBF acontece às 20h30 de hoje, contra o Gama (DF), no estádio Waldemiro Wagner, em Paranavaí.

Antes do jogo, queixas. Segunda-feira, o Paranavaí soube que apenas 16 jogadores têm condições de jogar hoje. Segundo Rui de Barros, diretor de registros da Federação Paranaense de Futebol, houve uma falha de CBF. “Tenho o protocolo de que todo o material dos times paranaense chegou lá a tempo. O erro deles foi não ter relacionado os atletas no boletim”, afirma.

A explicação, porém, não encerra a revolta do clube. “Em janeiro, enviei o registro de vários atletas. Agora, eles não podem jogar, Quem responde por isso?”, pergunta o dirigente Lorival Furquim. A falha atrapalhou três titulares: o goleiro Vilson, o zagueiro Rodrigo e o volante César Gaúcho. Nenhum deles enfrenta o Gama.

O adversário

O Gama está na Copa do Brasil pela nona vez. Até hoje, nunca passou da segunda fase. A equipe foi campeã do Distrito Federal em março, mas caiu para a Série C do Campeonato Brasileiro em setembro.

O técnico Everton Goiano evita falar em vitória por dois gols de diferença, o que classificaria o Gama sem a necessidade do jogo de volta. “O time ainda é desentrosado. Por isso, peço cautela”, afirma. A base do elenco vem dos juniores do clube.

Ficha Técnica

Local: Waldemiro Wagner (Paranavaí). Horário: 20h30. Árbitro: José Acácio da Rocha (SC). Paranavaí: João Corrêa; Vladimir, Zé Luciano, Nogueira e Preto; Gean, Márcio, Doriva e Edílson; Neizinho e Carioca. Técnico: Itamar Bernardes. Gama: Osmair; Weider, Emerson, Nen e Genilson; Goeber, Leandro Leite, Wesley e Rodriguinho; Victor e Lincoln. Técnico: Everton Goiano.