O paranaense de Cruzeiro do Oeste Vanderlei Cordeiro de Lima, medalha de bronze na maratona nos Jogos Olímpicos de 2004, em Atenas, pode ser o responsável por acender a pira olímpica, nesta sexta-feira (5), na abertura da Olimpíada do Rio de Janeiro. O evento começa às 20h, com a festa comandada pelo cineasta Fernando Meirelles.

A informação foi dada pelo narrador Galvão Bueno, durante o Jornal Nacional. Ele seria um dos seis nomes imaginados pela organização do evento – os outros seriam os iatistas Robert Scheidt e Torben Grael, a jogadora Marta, a jogadora de basquete Hortência e o tenista Gustavo Kuerten.

A escolha de Vanderlei seria pela relevância de sua passagem olímpica. Em 2004, ele liderava a maratona quando foi agredido pelo padre irlandês Cornelius Horan. Depois de se desvencilhar do agressor, ele ainda chegou em terceiro lugar. Por conta do que aconteceu, o paranaense ganhou a medalha Barão Pierre de Coubertin, destinada aos heróis dos Jogos.