Nada como um dia após o outro. Após o desgaste sofrido no último sábado, quando a partida entre Paraná Clube e Bahia, pela Copa do Brasil, foi cancelada, o Tricolor segue a programação já com olhos voltados à Primeira Liga. O jogo contra os baianos, marcado para as 15h30 do último sábado (25), foi adiado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a pedidos do Bahia, sob a alegação de que, por motivos de força maior, não conseguiu trazer todo elenco a Curitiba em prazo hábil.

Inicialmente, o executivo do futebol Rodrigo Pastana mostrou todo o seu descontentamento, dizendo que houve falha logística do adversário. “Eles deveriam ter viajado na quinta”, disparou. No entanto, passado o calor da ocorrência, ele afirmou que o time segue “firme e forte” na preparação para a sequência da temporada. “Do ponto de vista esportivo, teremos o mesmo planejamento feito até agora. Priorizaremos a Copa do Brasil e a Primeira Liga, mas seguimos lutando para manter a liderança no Paranaense”, disse à Tribuna. O prejuízo administrativo e financeiro, por sorte, foi pequeno. “Conseguimos avisar a tempo quase todo o pessoal que faria o jogo”.

Já o técnico Wagner Lopes disse que o adiamento do jogo quebrou o ritmo para o qual o time estava preparado. “Teve um planejamento para jogar contra o Bahia no sábado e, infelizmente, o jogo foi cancelado. A gente estava pronto”, lamentou o comandante à Banda B. “Agora é concentrar no Figueirense”.

Agora, o Tricolor segue no aguardo da divulgação da nova data da partida válida pela Copa do Brasil e já se prepara para o confronto contra o Figueirense, nesta quinta-feira (2), às 19h15, na Vila Capanema. Uma vitória simples classifica a equipe.

Ingressos

Os ingressos vendidos antecipadamente para o jogo Paraná e Bahia serão válidos para a partida em questão, quando da sua realização. Porém, os torcedores que desejarem poderão reaver o dinheiro, na sede da Kennedy, a partir da próxima sexta-feira (3).