A uma semana do jogo da volta da primeira fase da Copa do Brasil, o Paraná Clube espera não correr os mesmos riscos que o rival Atlético em seu confronto pela competição – o Furacão passou pelo Remo ao vencer nos pênaltis.

De olho na Jacuipense, adversário da próxima quinta-feira, na Vila Capanema, o técnico Luciano Gusso cita o Rubro-Negro para alertar os jogadores paranistas.

“O futebol te ensina todo dia e o jogo do Atlético foi uma amostra disso. Temos que respeitar todos os adversários. Nós criamos a vantagem, mas não foi com facilidade, a Jacuipense é um adversário que não dá para desprezar”, disse o treinador.

No primeiro jogo entre as equipes, o Paraná saiu com a vitória por 1 a 0, no interior da Bahia. Com isso, um empate garante o Tricolor na segunda fase da competição. Caso passe pelo clube baiano, a equipe paranista enfrentará o Náutico.