Ufa! Assim a torcida do Paraná Clube respirou ao apito final do jogo contra o Ceará, neste sábado (1), na Vila Capanema. A vitória por 1×0 reabilita o Tricolor, que vinha de uma derrota para o Criciúma, fora de casa. Com 16 pontos, o Paraná Clube encosta no G4 e tem mais uma partida em casa para somar mais três pontos. Na próxima sexta-feira (7), o time do técnico Cristian de Souza recebe o América-MG, às 21h30.

Jogo começou bem pegado, com os dois times marcando forte e tentando chegar ao ataque. Porém, quem teve as principais chances de abrir o placar foi o Ceará. O atacante Roberto ficou cara a cara com o goleiro Richard em três oportunidades, mas, graças às ótimas intervenções do goleiro paranista, o placar no saiu do zero na primeira etapa. Aliás, Richard anda mostrando muita categoria ao substituir Léo, que deve voltar só em agosto. Ele impediu o gol do Ceará com três defesas milagrosas na primeira etapa. Em todas, o atacante Roberto estava lá para conferir.

Já o ataque paranista, pouco criou, muito em função da ligação direta da defesa para o ataque. Faltou aparecer o setor de criação do Paraná. Renatinho esteve muito marcado e quase não apareceu. O único lance de perigo para o Tricolor foi justamente no finalzinho do primeiro tempo, quando Renatinho arriscou um chute de fora e a bola ainda quicou no gramado, dificultando a defesa do goleiro Éverson, que conseguiu colocar para escanteio.

Renatinho no momento em que cobrou o pênalti da vitória. Foto: Jonathan Campos
Renatinho no momento em que cobrou o pênalti da vitória. Foto: Jonathan Campos

Na volta do intervalo, o Paraná voltou com uma postura mais agressiva, marcando em cima, sufocando o Ceará. Tanto que logo aos 6 minutos, Pedro Ken segurou Gabriel Dias pela camisa e dentro da área. O árbitro marcou pênalti. Renatinho, artilheiro do Tricolor na temporada, cobrou com muita categoria e colocou no ângulo, fazendo o gol do Paraná.

A vantagem no placar deixou o time paranista mais tranquilo em campo e as chances foram aparecendo. Porém, os atacantes não estavam muito inspirados e desperdiçaram boas chances de ampliar a vantagem.

O Ceará não foi o mesmo da primeira etapa e pouco chegou ao gol de Richard. Nos minutos finais, os ânimos se acirraram e o árbitro mandou dois para o chuveiro mais cedo. Nathan e Romário foram expulsos, após trocarem empurrões.

A torcida tricolor só esperou o tempo passar e, ao apito do árbitro, comemorou mais uma vitória na Vila Capanema.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B
1º Turno – 11ª Rodada

PARANÁ CLUBE 1X0 CEARÁ

Paraná Clube
Richard; Júnior, Rayan, Wallace e Igor; Leandro Vilela, Gabriel Dias e Renatinho (Jhony); Robson, Felipe Alves (Rafhael Lucas) e Minho (Nathan).
Técnico: Cristian de Souza

Ceará
Éverson; Tiago Cametá, Rafael Pereira, Valdo e Romário; Raul (Wallace Pernambucano), Richardson, Ricardinho e Pedro Ken (Rafael Carioca); Roberto (Cafu) e Magno Alves.
Técnico: Marcelo Chamusca

Local: Vila Capanema
Árbitro: Marcos Mateus Pereira (MS)
Assistentes: Leandro dos Santos Ruberdo (MS) e Cicero Alessandro de Souza (MS)
Gols: Renatinho aos 6 do 2º tempo
Cartões amarelos: Felipe Alves, Leandro Vilela, e Richard (PAR); Pedro Ken e Raul
Cartões vermelhos: Nathan e Romário
Público pagante: 4.130
Público total: 4.170
Renda: R$ 79.260,00