paranaense

No seu melhor momento na temporada, o Paraná Clube pode consolidar a boa fase e garantir a vaga na semifinal da Taça Caio Júnior do Campeonato Paranaense hoje, diante do Maringá, às 21h45, na Vila Capanema. A vaga pode vir até mesmo com um empate, mas o Tricolor quer mais. Quer vencer. Quer jogar bem novamente e sustentar o trabalho do técnico Rogério Micale, que conseguiu dar um novo rumo ao time paranista em quase um mês de trabalho.

O treinador, quando foi o escolhido para substituir Wagner Lopes, demitido por conta dos resultados e atuações ruins, sabia que a tarefa seria difícil. Em pouco tempo, Rogério Micale conseguiu dar sua cara ao Tricolor e afirmou que a campanha do Paraná sob o seu comando (83% de rendimento) é surpreendente. “A expectativa era sim iniciar bem, o clube precisava de recuperação, já que corria risco de rebaixamento. Tínhamos que tentar resgatar a autoestima através do trabalho e o mérito é deles. A gente passou o conceito, mas a absorção é deles. A resposta foi muito positiva e acho que até aqui tem sido tudo além das minhas expectativas, mas me deixa satisfeito”, afirmou o comandante.

O time da “era Rogério Micale” é mais cascudo. Ganhou essa experiência diante das dificuldades enfrentadas neste começo de temporada. Essa força mental, segundo o comandante paranista, será importante para que o Paraná Clube mantenha seu bom desempenho nessa sequência de decisões que tem pela frente. “Você vai ganhando casca. A partir do momento que se administra bem isso, cria a casca e você fica mais forte. A pressão vem e você consegue, dentro do olho do furacão, conseguir sair e sai muito mais forte do que no início da onde você começou. Ninguém pode determinar o que você é, a não ser você mesmo. A medida que as coisas vão melhorando, tudo acontece junto. O time soube lidar com isso, deu a resposta, está em uma crescente e espero que continue”, reforçou Micale.

Leandro Vilela diz que o Tricolor precisa primeiro pensar no jogo e depois ver o que vai acontecer. Foto: Albari Rosa
Leandro Vilela diz que o Tricolor precisa primeiro pensar no jogo e depois ver o que vai acontecer. Foto: Albari Rosa

Mesmo com a classificação bem encaminhada, o Paraná Clube está de olho em objetivos maiores nesta última rodada da Taça Caio Júnior. A vitória sobre o Maringá aliada ao tropeço do Atlético diante do Toledo, fora de casa, garantirá a primeira posição geral do segundo turno e a chance de decidir na Vila Capanema a vaga na final e uma eventual decisão. “Se der para conseguir esses dois objetivos melhor ainda. Tem essa possibilidade, mas primeiro vamos procurar fazer o nosso papel e continuar evoluindo como temos feito. Já mostramos nossa qualidade nesse último jogo, foi uma atuação muito sólida e ser primeiro lugar geral será muito importante para conseguir trazer as decisões para a nossa casa”, enfatizou o volante Leandro Vilela.

Confira a tabela e a classificação do Campeonato Paranaense!

O jogador, inclusive, será uma das novidades do Paraná para o duelo decisivo contra o Maringá. Leandro Vilela entra na vaga de Jhonny Lucas, que está servindo a seleção brasileira sub-20 e formará o setor de contenção ao lado de Wesley Dias. O técnico Rogério Micale não poderá contar também com o lateral-esquerdo Mansur e com o atacante Diego Gonçalves, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Na lateral-esquerda, o treinador tem uma dúvida. Igor deve ser o titular, mas Marcelo Baez, que tem atuado no meio de campo, também pode ser uma opção. Já no ataque, Micale deve optar pelo retorno do atacante Thiago Santos, que se recuperou de dores musculares e já entrou no decorrer do último jogo diante do Foz do Iguaçu.

Ficha técnica

CAMPEONATO PARANAENSE
Taça Caio Júnior ­- 5ª Rodada

Paraná Clube x Maringá

Paraná Clube
Richard; Alemão, Neris, Rayan e Igor; Leandro Vilela, Wesley Dias, Carlos Eduardo e Marcelo Baez; Vitor Feijão e Thiago Santos.
Técnico: Rogério Micale

Maringá
Fabio; Rhuan, Alex Fraga, Egon e Thiago Cristian; Carlão, Fabrício, Everton e Washington; Paulinho Mocelin e Bruno Batata.
Técnico: Fernando Marchiori

Local: Vila Capanema
Horário: 21h45
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa)
Assistentes: Bruno Boschilia e João Fábio Machado Brischiliari