A vitória sobre o ABC-RN, vice-lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro, sábado (12), na Vila Capanema, foi apertada, veio em um gol de pênalti de Renatinho, mas serviu para o Paraná Clube se manter na luta pelo acesso à Série A. O Tricolor segue a quatro pontos do Ceará, primeiro time dentro do G4, mas viu suas chances de acesso subirem para 47% segundo o site Chance de Gol, especializado em estatísticas.

Se como mandante o time paranista tem o melhor desempenho da competição, fora ainda está devendo. Por isso, já diante do Paysandu, neste sábado, às 19h, em Belém, o Paraná Clube vai tentar tirar de vez o pijama e aumentar seu rendimento como visitante.

“Nós precisamos melhorar nosso desempenho fora de casa. Mas não por acomodação. Principalmente nos dois que vi fora. Vi um jogo difícil com Luverdense, superior o jogo quase todo, e no Boa (Esporte) foi totalmente atípico. Vamos melhorar e tirar esse rótulo. Vamos ver se a gente consegue mudar essa imagem que o time tem”, apontou o treinador.

Com 30 pontos e faltando 18 jogos para o final da Série B do Campeonato Brasileiro, Lisca acredita que para chegar na reta final brigando pelo acesso será preciso somar pelo menos 60 pontos. No ano passado, porém, o Bahia, na quarta posição, conseguiu subir com 63 pontos.

Dos últimos anos, inclusive, somente o Figueirense, em 2013, conseguiu o acesso à primeira divisão com 60 pontos. No ano anterior, por exemplo, Atlético, Vitória e São Caetano terminaram a segundona com 71 pontos e o time paulista, com número de vitórias a menos, acabou não chegando à Série A.

Por isso, o técnico paranista projeta uma melhora nos jogos longe da Vila Capanema e quer pelo menos três vitórias como visitante para seguir na briga pelo acesso. “Acho que vamos melhorar fora de casa nessa situação. Temos que fazer umas três ou quatro vitórias fora de casa no segundo turno”, arrematou.

Confira a tabela completa da Série B!

Dos 18 jogos que o Paraná Clube ainda fará, metade será fora de casa. Dos times que estão lutando pelo acesso, o Tricolor ainda vai encarar longe da Vila Capanema Guarani, Ceará, América-MG e CRB. Já o Paysandu, próximo adversário do time paranista, tem 26 pontos e está lutando para deixar as últimas colocações da Série B.

Nesta reta inicial do segundo turno, América-MG e Internacional começam a se distanciar dos demais concorrentes. Ainda de acordo com o site Chance de Gol, o Coelho tem 93% e o colorado gaúcho 97% de chances de conquistarem o acesso.