A Primeira Liga confirmou ontem que apenas o Londrina vai substituir a dupla Atletiba, que desistiu da competição na última terça-feira, após discordar da forma que será dividida a cota de direitos de transmissão, comprados pela TV Globo. Assim, serão quinze clubes participantes, sendo dois do Estado – o Tubarão e o Paraná Clube, único representante de Curitiba. A Copa da Primeira Liga de 2017 será bem diferente da edição do ano passado.

Opinião da Tribuna: Dupla Atletiba teve coragem e ousadia ao fazer a coisa certa

Os times – América-MG, Atlético-MG, Avaí, Brasil de Pelotas, Chapecoense, Criciúma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Joinville, Londrina e Paraná – serão divididos em três grupos de cinco equipes, que jogarão turno único, com quatro rodadas, duas atuando em casa e duas fora. Oito times serão classificados, os campeões e vices de cada chave mais os melhores terceiros colocados.

A partir daí, a disputa é no sistema “mata”. Quartas de final, semifinal e final serão jogadas em partida única, na casa do melhor qualificado. Assim, serão sete datas usadas pela Copa da Primeira Liga – a primeira fase nos dias 22 e 25 de janeiro, 1º, 22 e 29 de março; as quartas no dia 30 de agosto, a semifinal em 3 de setembro e a decisão no dia 8 de outubro. As chaves serão definidas em sorteio, e é certo que Paraná e Londrina não se encontrarão na fase de grupos.