Com incertezas, o Paraná se reapresentou na última quinta-feira (3) e dará seu primeiro pronunciamento oficial nesta terça-feira (7), com o executivo de futebol, Alex Brasil. O presidente Leonardo Oliveira não deve estar presente.

A temporada 2020 é de pouca perspectiva no Tricolor. Atletas que possuíam contrato saíram através da Justiça ou por acordo por causa dos salários atrasados. Não há promessa de pagamento.

O elenco paranista, atualmente, é formado por dez jogadores. O goleiro Alisson, o lateral-esquerdo Juninho, os zagueiros Fernando Timbó e Fabrício, os meio-campistas Jhony Douglas, Luan e Warley e os atacantes Raphael Alemão, Andrey e Rafael Furtado.

A direção ainda não confirmou, mas deve anunciar o zagueiro Thales (Internacional), o lateral-direito Paulinho (Tubarão), o meia Dudu Feitoza (Vasco da Gama) e o atacante Gustavo Mosquito (Corinthians). Dessa forma, o grupo subiria para 14 atletas.

1) Quando os salários serão pagos? Há previsão?
Elenco e funcionários não receberam salários e passaram o ano sem os pagamentos. O débito varia para cada caso. No geral, o atraso é desde setembro.

2) Quem será o técnico em 2020?
O auxiliar-técnico Alan Aal aparece como a solução interina no momento.

3) Como será a política de contratação?
Até o momento, o clube busca reforços que estejam sem espaço no elenco principal de equipes de Série A. A ideia é não precisar arcar com o salário ou gastar com uma pequena parte.

4) Nenhum interessado fez proposta pelo arrendamento do departamento de futebol. Existe alguma negociação em andamento?
Os empresários Sérgio Malucelli e Eduardo Uram chegaram a conversar com o clube, mas desistiram de assumir a área. Carlos Werner também apareceu como uma terceira via, mas preferiu aguardar. No clube se fala em conversas com um investidor russo, mas há desconfiança nos bastidores.

5) Quais são as metas do Paraná em 2020?
Antes do término da Série B, sem chance de acesso, Alex Brasil disse que o clube tinha que voltar a ser campeão paranaense, o que não ocorre desde 2006, ter boa campanha na Copa do Brasil e brigar pelo acesso no Brasileiro.

6) Como a diretoria está olhando o elenco da Copinha e quem deve ser aproveitado?
O Paraná só teve uma participação de jogador da base em 2019, com o meia Warley, na última rodada do Brasileiro. Em 2020, até pela falta de elenco, vai precisar de outros jogadores formados no clube.

+ Mais do Tricolor

+ Paraná é derrotado na Copinha e grupo chega embolado na última rodada
+ Paraná Clube encaminha acerto com zagueiro do Internacional
+ Paraná Clube volta aos trabalhos e deve anunciar contratações