Com um gol nos acréscimos, o Paraná Clube perdeu a invencibilidade na Série B neste sábado (27), em Caxias do Sul. Quando o jogo já se encaminhava para o empate em 1×1, aos 46 do segundo tempo, Diego Felipe marcou e garantiu a vitória de virada do Juventude, que chegou aos 7 pontos e assumiu a segunda colocação da Segundona. O Tricolor permaneceu com 5 pontos, ocupando a oitava posição.

O Paraná começou embalado. Criou boas chances de abrir o placar e só não fez a rede balançar porque o goleiro do Juventude fez grandes defesas. O gramado pesado devido à chuva deixou o jogo mais truncado. Mesmo assim, o Tricolor encontrou os espaços que precisava e bombardeou o goleiro Matheus nos primeiros 15 minutos de partida.

O Juventude conseguiu equilibrar o jogo, mas sem levar perigo ao gol do goleiro Marcos.  As melhores chances do primeiro tempo foram do Paraná, que foi para o vestiário com a sensação de o gol era questão de tempo.

Só que na volta do intervalo, o Juventude estava mais esperto e chegou até a acertar a trave do goleiro Marcos na cobrança de falta de Leílson. O Paraná seguia com o mesmo ritmo da primeira etapa e chegou ao gol com Felipe Alves.

Depois do bate-rebate na área, a bola sobrou limpa nos pés de Felipe Alves, que só tocou para o fundo da rede. Não deu nem tempo de comemorar, pois dois minutos depois o Juventude chegou ao empate. Leílson cobrou falta, o lateral Assis, do Tricolor, tentou cortar e mandou para o gol de Marcos, fazendo contra.

A partir daí, o jogo ficou mais aberto, com as duas equipes criando chances de gol. O Juventude voltou a carimbar a trave do goleiro Marcos com Juninho. E o Paraná chegou com perigo com Guilherme Biteco, que entrou no segundo tempo, com Felipe Alves e com MInho.

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B

1º Turno – 3ª Rodada

 

Juventude 2×1 Paraná Clube

 

Juventude

Matheus Cavichioli; Tinga, Domingues, Micael e Pará (Bruno Colasso); Fahel (Diego Felipe), Lucas e Leilson; Juninho, Tiago Marques e Ramon (Caprini).

Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Paraná Clube

Marcos; Cristovam, Wallace, Brock e Assis; Jhony, Alex Santana e Matheus Carvalho (Guilherme Biteco); Robson (Nathan), Minho e Felipe Alves (Rafinha).

Técnico: Cristian de Souza

Local: Estádio Alfredo Jaconi (Caxias do Sul-RS)

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF) e Leila Naiara Moreira da Cruz (DF)

Gols: Felipe Alves aos 12, Assis (contra) aos 14 e Diego Felipe aos 46 do 2º tempo

Cartões amarelos: Minho, Jhony, Marcos, Eduardo Brock

Público e renda: não divulgados