Peça importante do Paraná Clube na temporada de 2017, o meia Guilherme Biteco, prestes a completar três meses da lesão que sofreu no tendão de Aquiles, ainda não tem data para voltar a jogar. O jogador, que passou por uma cirurgia no final de junho, já começou a correr em volta do gramado, mas o clube ainda não sabe quando poderá contar com o atleta para a sequência da disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

No dia 24, Biteco completará três meses da cirurgia. Na semana passada, ele foi visto correndo em volta do gramado, conduzindo bola, mas ainda com tênis, sem utilizar a chuteira. O Paraná não prefere dar uma previsão, mas a tendência é de que ele possa ficar à disposição da comissão técnica ainda na primeira quinzena de outubro.

Guilherme Biteco se machucou no dia 16 de junho, ainda no começo do jogo contra o Figueirense, na Vila Capanema. O jogador vivia seu melhor momento com a camisa paranista e pode ser uma das armas do Tricolor na luta pelo acesso à primeira divisão na reta decisiva da Série B.

Confira a tabela completa da Série B!

O jogador será ainda mais importante diante da lesão sofrida pelo meia-atacante Minho, que terá que passar por uma cirurgia no menisco do joelho esquerdo e dificilmente voltará a jogar nesta temporada. Neste período em que Biteco se machucou, a diretoria agiu rápido e contratou o meia João Pedro, que veio por empréstimo do Atlético. O jogador vem correspondendo e é, ao lado de Renatinho, um dos principais armadores da equipe.