O Paraná Clube poderá ter quatro alterações para o confronto diante do América-MG. Além da entrada do zagueiro Fabrício entre os titulares, já que Rodolfo cumprirá suspensão, existe uma grande possibilidade de que o técnico Matheus Costa mude o lado direito do time com o objetivo de anular o ponto forte do adversário. A outra mudança dependerá da recuperação do meia Fernando Neto. A partida frente ao Coelho acontece nesta terça-feira (5), a partir das 20h30, na Arena Independência e será válida pela 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Tricolor é o sexto colocado com 47 pontos, apenas a dois do G4.

Faltando quatro dias para o confronto, o treinador paranista faz os últimos testes para eleger os onze titulares na ‘decisão’ que o time terá. Restam seis jogos para o fim da competição e a equipe não tem margem para erros para conseguir alcançar a área de classificação à Série A.

+ Leia mais: Bolsonaro pode sancionar lei que pune torcidas organizadas com mais rigor

Na manhã desta sexta-feira (1º), o Tricolor realizou uma atividade na Vila Capanema e, antes dos trabalhos, o técnico Matheus Costa falou com a imprensa e disse estar buscando o ‘par’ perfeito para deixar o lado direito do time reforçado. “Se a gente quiser explorar o lado direito ofensivamente é o Léo Príncipe, e se a gente quiser resguardar, vamos liberar o Bruno Rodrigues para ter uma sustentação com o Sciola. São situações que nós temos e estamos testando esses ‘casamentos’ entre João Pedro e Léo Príncipe e Sciola e Bruno Rodrigues”, disse.

A preocupação de Matheus em achar a fórmula ideal para esse lado de campo se dá por conta da presença de Matheusinho, meia-atacante do América-MG que joga pelo lado esquerdo. O atleta tem cinco gols na competição e é uma arma poderosa no setor de armação do Coelho.

+ Confira a tabela e a classificação da Série B!

“A equipe do América-MG é excelente, os resultados mostram isso, mas individualmente o melhor jogador deles é o Matheusinho, que joga na esquerda e vai ter um confronto direto com nosso lateral-direito”, explicou. Na defesa, a mudança foi confirmada pelo treinador. O zagueiro Rodolfo é ausência certa, já que recebeu o terceiro amarelo na vitória por 1×0 em cima do Londrina. Fabrício será o substituto.

No meio-campo, Fernando Neto está em tratamento, com dores no joelho, porém, o comandante acredita que ele esteja em condições para atuar até o dia do confronto. Caso seja vetado, Jhemerson é a opção. Com isso, o Paraná Clube deve ir a campo com Thiago Rodrigues; Éder Sciola (Léo Príncipe), Fabrício, Leandro Almeida e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Fernando Neto (Jhemerson) e Matheus Anjos; Bruno Rodrigues (João Pedro), Jenison e Judivan.