O Paraná Clube fez o que poucos imaginavam. Com uma atuação segura, venceu o confronto direto contra o América-MG por 2×0 na noite desta terça-feira (5), na Arena Independência, em Belo Horizonte, chegou aos 50 pontos, subiu para a quinta posição e está a apenas três do Coritiba, que é o primeiro time do G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Vivo na luta pelo acesso, o Tricolor terá dois jogos em casa. O primeiro nesta sexta-feira (8), diante do Vitória, na Vila Capanema.

Disposto a não perder o confronto direto contra o América-MG, o Paraná Clube apenas observou o adversário jogar no primeiro tempo. Com a proposta de apenas se defender, o time paranista, além de não atacar, foi pressionado desde o começo da partida pelo Coelho. O time americano criou a primeira chance aos oito minutos. Willian Maranhão arriscou de fora e assustou Thiago Rodrigues.

+ Confira como foi o jogo entre América-MG e Paraná Clube!

Willian Maranhão, inclusive, foi um dos destaques do primeiro tempo. Foi ele o principal criador dos principais lances ofensivos do América-MG. Aos 13, o volante do Coelho passou fácil por Leandro Almeida, bateu cruzado e Thiago Rodrigues salvou. O Paraná tentava jogar pelos contra-ataques, mas não tinha capacidade para explorar os poucos espaços deixados pelos donos da casa. Éder Sciola voltou a ser titular na lateral-direita para reforçar a marcação, mas por aquele lado saíram as principais oportunidades pela equipe americana.

Assim, o América-MG aumentou a pressão. Aos 23, Junior Viçosa recebeu de Geovane na área, tirou de Thiago Rodrigues, mas Fabrício salvou em cima da linha. Na sequência, a zaga falhou de novo, Juninho tocou na saída do goleiro paranista, mas ele mesmo se recuperou e salvou. O gol do time americano parecia ser questão de tempo. Até o final da etapa inicial, o Coelho buscou o primeiro gol, mas esbarrou na falta de pontaria dos seus homens de frente.

Jogo foi truncado em Belo Horizonte. Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Brasil
Jogo foi truncado em Belo Horizonte. Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Brasil

O Paraná voltou do intervalo disposto a sofrer menos do que nos primeiros 45 minutos. No entanto, o time paranista seguiu errando muito. Em uma dessas falhas, aos cinco minutos, Fernando Neto entregou a bola para Juninho, que dentro da área bateu cruzado e a bola saiu por pouco.

O Tricolor, apesar de praticamente não ter poder de criação, conseguia ficar mais com a bola. Por isso, o técnico Matheus Costa apostou na entrada de Vitinho. Mas o América-MG seguiu criando as melhores chances. Aos 13, depois da cobrança de escanteio de Geovane, Lucas Kal subiu livre e cabeceou na trave.

Aos poucos, o Paraná conseguiu equilibrar o jogo. As alterações que o técnico Felipe Conceição fez no América-MG não surtiram o efeito esperado. Assim, mais presente no campo ofensivo, o Tricolor equilibrou a partida e conseguiu abrir o placar aos 30 minutos. Bruno Rodrigues fez boa jogada, Guilherme Santos cruzou e Fernando Neto apareceu como homem surpresa dentro da área para bater chutar em gol a primeira bola na partida e marcar o primeiro gol paranista.

+ Confira a tabela e a classificação da Série B!

O América-MG, então, se lançou todo ao ataque para buscar o empate. Eduardo Bauermann entrou para reforçar a defesa. Com espaços, o Paraná conseguiu explorar os contra-ataques e definiu a vitória aos 40 minutos. Bruno Rodrigues iniciou a jogada, Vitinho cruzou e Jenison marcou para decretar a importante vitória tricolor no Horto.

Ficha técnica

SÉRIE B
33ª Rodada – 2º Turno

AMÉRICA-MG 0X2 PARANÁ CLUBE

América-MG
Airton; Leandro Silva, Ricardo Silva, Lucas Kal e João Paulo; Zé Ricardo, Willian Maranhão (Vitão), Juninho e Geovane (França); Diego Ferreira (Rafael Bilu) e Junior Viçosa.
Técnico: Felipe Conceição

Paraná Clube
Thiago Rodrigues; Éder Sciola (Léo Príncipe), Leandro Almeida, Fabrício e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Fernando Neto, João Pedro (Eduardo Bauermann) e Matheus Anjos (Vitinho); Bruno Rodrigues e Jenison.
Técnico: Matheus Costa

Local: Arena Independência (Belo Horizonte – MG)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: Eli Alves Sviderski (SC) e Gizeli Casaril (SC)
Gols: Fernando Neto, 30, Jenison, 40 do 2º
Cartões amarelos: Leandro Silva, Ricardo Silva (AME); Guilherme Santos, Léo Príncipe (PAR)
Renda: R$ 12.903,00
Público pagante: 3.229