Apesar de ver o Paraná estender para seis jogos a sequência sem vitória na Série B, o técnico Allan Aal acredita que o empate sem gols com o Sampaio Corrêa, nesse domingo (18), na Vila Capanema, trouxe um aspecto positivo. Na visão do comandante, o grupo paranista recuperou o espírito de competitividade ausente nas últimas rodadas – especialmente na goleada sofrida para o CSA.

“O mais preocupante era o emocional, ter equilíbrio. No fim da partida, na conversa de vestiário, os jogadores viram que aquilo que aconteceu [derrota o CSA por 4 a 0] foi um ponto fora da curva. Temos que seguir confiando, aprimorar os pequenos detalhes, que são o que vai nos fazer converter em gol”, declarou o treinador.

>> Blog do Cristian: Tricolor segue atrás de soluções

Desde que derrotou o CRB, em 14 de setembro, o Tricolor empatou quatro vezes (Brasil-RS, Chapecoense, Náutico e Sampaio) e perdeu outras duas (Botafogo-SP e CSA). Sem nem sequer balançar a rede nas últimas quatro rodadas, o time estacionou na tabela de classificação e deixou o G4.

Os últimos 20 minutos de partida, dominados pelo Paraná segundo o técnico, provam que a equipe recuperou a confiança.

>> Veja tabela e classificação da Série B

“O fim do jogo mostrou isso. Principalmente entre eles [jogadores]. Mesmo não tendo os resultados que esperávamos nas últimas rodadas, eles viram que a gente não deve para nenhuma equipe”, afirmou.

Na próxima quarta-feira (21), às 21h, a chance de recuperação vem com o sarrafo alto. O adversário é o líder Cuiabá, fora de casa.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?