O técnico Allan Aal não poupou críticas à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) após a suspensão dos campeonatos nacionais a partir desta segunda-feira (16).

A medida anunciada pela entidade máxima de futebol atinge diretamente o Tricolor, que tinha confronto marcado diante do Botafogo na próxima quarta-feira (18), na Vila Capanema, pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil.

Por causa do duelo com os cariocas, inclusive, o Paraná jogou com um time reserva contra o Toledo, neste domingo (15), perdeu por 1 a 0, e só avançou de fase no Estadual por causa de outros resultados.

+ Confira a tabela e a classificação do Campeonato Paranaense!

“Infelizmente lamentamos a desorganização do futebol brasileiro que muda uma partida quase 72h antes. Eu vejo como absurdo. É um desrespeito com o torcedor e com todos nós que estamos trabalhando você ficar sabendo de uma mudança de planejamento durante uma partida”, disparou o treinador.

O comunicado da CBF foi lançado às 15h54 deste domingo (15), minutos antes da bola rolar para Toledo e Paraná pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paranaense. A suspensão é válida por prazo indeterminado.

+ CBF suspende disputas nacionais; Estaduais ficam a cargo de federações

Apesar do tom de irritação, o comandante tricolor afirmou que agora a equipe muda o planejamento e foca nas quartas de final do Estadual. O Tricolor enfrenta o Coritiba na próxima fase, após se classificar apenas na oitava colocação com a derrota para o Toledo.

“Vamos sentar agora na viagem e mudar o planejamento. Vamos fazer um planejamento pensando no Paratiba. Será uma partida importante e que vai definir muita coisa”, afirmou Allan Aal.

Os duelos entre Paraná e Coritiba, válidos pelo mata-mata das quartas de final do Estadual, estão marcados para as próximas duas semanas. Diante da pandemia do coronavírus e suspensão de jogos pela CBF, há dúvidas sobre o andamento da competição. A FPF ainda não se manifestou sobre o tema.