Em um jogo com poucas chances de gols, o Paraná foi mais eficaz e acabou conquistando a vitória diante do Joinville por 1 a 0, na tarde deste sábado, no Estádio Durival Britto, em Curitiba, pela 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, deixando o rival na zona de rebaixamento.

Com o resultado, o Paraná volta a vencer e aparece no meio da tabela de classificação com 17 pontos. O Joinville, que não vence há quatro rodadas, segue na zona de descenso, com apenas 11.

O primeiro tempo não entusiasmou os torcedores. O time da casa teve um leve domínio do jogo, mas não conseguia ameaçar o gol defendido por Oliveira. A equipe catarinense ajudou a deixar o duelo ainda mais truncado, com muitas faltas e não chegou com perigo uma vez sequer.

A primeira e única boa chance do Paraná aconteceu aos 44 minutos. Lúcio Flávio dividiu com o zagueiro na área e rolou para Robson, que girou o corpo e chutou forte para abrir o marcador. Após sofrer o gol, o Joinville tentou sair para o jogo, mas não conseguiu evitar a derrota parcial na saída para o intervalo.

O panorama do segundo tempo continuou o mesmo. O jogo seguiu truncado, com poucas chances de gol. O Paraná, porém, era o time que estava mais perto de marcar. Aos 20 minutos, em jogada semelhante do primeiro gol, Lúcio Flávio ajeitou para Murilo Rangel, que chutou para grande defesa de Oliveira.

As mudanças do Paraná surtiram efeito. Marcelo Martelotte colocou Henrique e Robert do jogo e o time ganhou em poder de finalização. O ex-atacante de Palmeiras e Vitória, inclusive, tentou duas vezes, mas em ambas oportunidades jogou a bola rente à trave de Oliveira. O Joinville até cresceu no fim, mas não conseguiu o empate.

Na próxima rodada, o Joinville enfrenta o CRB na terça-feira, às 19h15, na Arena Joinville. O Paraná visita o Vasco da Gama no mesmo dia, às 20h30, em São Januário, no Rio.

FICHA TÉCNICA:

PARANÁ 1 X 0 JOINVILLE

PARANÁ – Marcos; Diego Tavares, Pitty, Alisson e Basso; Fernandes, Leandro Silva, Murilo Rangel (Claudevan) e Válber (Henrique); Lúcio Flávio (Robert) e Robson. Técnico: Marcelo Martelotte

JOINVILLE – Oliveira; Everson Silva (Matheus Bertotto), Ligger, Bruno Aguiar e Diego; Paulinho Dias, Naldo e Pereira (Murilo); Fernando Viana (Willian Barbio), Dodô e Gabriel Vasconcelos. Técnico: Hemerson Maria

GOLS – Robson, aos 44 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Mayron dos Reis Novais (MA).

CARTÕES AMARELOS – Pitty e Murilo Rangel (Paraná); Everton Silva (Joinville).

RENDA – R$ 47.555.00.

PÚBLICO – 2.273 pagantes.

LOCAL – Estádio Durival Britto, em Curitiba (PR).