O “novo” Paraná Clube terá hoje o seu primeiro teste de campo. Às 10h30, no Itu Trainning Center, o time do técnico Paulo Campos enfrenta a Portuguesa de Desportos, em jogo-treino. Daqui a onze dias, o Tricolor estréia no Brasileirão, frente ao Santos, no Pinheirão. Reconhecendo a melhor estrutura do futebol paulista, o clube decidiu trocar Curitiba pelo interior de São Paulo, visando – além de uma boa seqüência de treinos – a realização de amistosos diante de times qualificados. Além da Lusa, o Paraná enfrentará Mogi-Mirim e Ituano, três clubes que integram a Série B do Campeonato Brasileiro.

Durante toda a semana, Paulo Campos intensificou treinos táticos e testou algumas variações táticas. A comissão técnica pretende utilizar todos os atletas e por isso o treinamento será dividido em duas etapas de sessenta minutos cada. O time, como era de se esperar, conta com poucos remanescentes do campeonato paranaense. Na verdade, quatro, mas ainda em fase de avaliações. Flávio, Jadílson e Jean Carlo têm presença assegurada e o quarto jogador pode ser o volante Goiano. Pelo menos foi o que deu a entender Paulo Campos no trabalho de ontem à tarde.

O treinador já havia testado o 4-4-2 e o 3-5-2, mas ontem não recorreu aos três zagueiros. Preferiu pelo fortalecimento do meio-de-campo, que ganhou mais um volante. Com esta formação, Fernando e Jean Carlo se revezaram na aproximação ao centroavante Galvão e Adriano saiu do time. O Paraná treinou com Flávio; Cláudio, Carlinhos, Nelinho e Jadílson; Axel, Goiano, Beto e Jean Carlo; Galvão e Fernando. “É fase de preparação, mas logo devo definir uma base, pois a partir deste jogo-treino teremos só uma semana para a estréia no campeonato brasileiro”, comentou Paulo Campos.

A preocupação do treinador é justificável. Com muitas alterações, não apenas no time, mas também no grupo (que ainda não está completo), a comissão técnica corre contra o tempo na busca por um entrosamento no mínimo aceitável visando o início da competição. “Há toda uma sincronia a ser ajustada, em todos os setores do campo. Isso requer tempo”, avisa.

Dos 23 jogadores que participam da intertemporada, em Itu, 12 foram contratados para o Brasileirão, sete deles vindos do Iraty. Os outros cinco chegaram do interior paulista e, nas contas da diretoria, mais cinco reforços devem ser contratados nos próximos dias. Estes jogadores, porém, estarão fora da primeira rodada. Na segunda-feira se encerram as inscrições para a primeira rodada do Brasileirão.