O ministro do esporte, Orlando Silva, garantiu a disponibilização de recursos para diversos projetos que foram apresentados sexta-feira, em Brasília, em audiência com uma comitiva paranaense formada por prefeitos e dirigentes esportivos, organizada pelo presidente da Paraná Esporte, Ricardo Gomyde. O ministro garantiu apoio à solicitação do município de Curitiba para a construção de uma arena multiuso que deverá custar cerca de R$ 23 milhões.

Primeiras unidades

Os municípios de Curitiba, Colombo e São José dos Pinhais serão os primeiros do Paraná a ter o projeto Praça da Juventude, um espaço de convivência destinado a atividades de lazer e esporte à juventude.

“Essa é uma das ações do governo Lula que visa democratizar a prática esportiva no País e, dessa forma, promover a inclusão social. As Praças da Juventude consistem em um espaço esportivo moderno com objetivo na juventude, mas que também atende a outras faixas etárias das áreas urbanas e rurais de maior vulnerabilidade social”, explica o ministro
Orlando Silva.

As praças da juventude foram pleiteadas pelo presidente da Paraná Esporte, Ricardo Gomyde, e atendidas pelo ministro em audiência realizada na última segunda-feira, com a presença do prefeito de Colombo, J. Camargo, do secretário de esporte de Curitiba, Rudimar Fedrigo e do diretor de esporte de São José dos Pinhais, Clésio Prado.

“O ministro ouviu essas reivindicações e outras que atenderão também a demanda de outros municípios do interior com reformas de ginásios e estádios, projetos sociais, segundo tempo, entre outros”, explicou Gomyde.

Construídas a um custo médio de R$ 1,6 milhão, cada unidade conta com campo de futebol society, quadra de vôlei de praia, quadra poliesportiva coberta, pista de caminhada, teatro de arena, pista de skate, centro de convivência (sala de ginástica, sala de reunião, administração, vestiários, espaço para a terceira idade), pista para salto, área de exercício e um totem.