O Paraná Clube comemora nesta quinta-feira (19) 24 anos de existência. Em um momento de reconstrução, o Tricolor tenta dar a volta por cima e segue com o mesmo objetivo dos últimos anos para a próxima temporada: subir para a Série A do Brasileiro.

Em entrevista ao Paraná Online, o primeiro presidente do clube, Aramis Tissot, relembrou os bons momentos do Paraná quando esteve à frente do clube.

“O nosso grupo no começo era muito bom. Quando o clube nasceu, a mentalidade era torná-lo um dos maiores do Brasil. Fomos atrás de uma grande comissão técnica, com Rubens Minelli (técnico) e Carlinhos Neves (preparador físico) e contratamos grandes jogadores como Adoílson, Saulo e João Antônio”, disse o ex-dirigente.

Tissot lamentou a ausência de apoio ao clube nos últimos anos, mas, ressaltou o trabalho que foi feito nesta temporada.

“Esse ano houve uma alavancada da torcida. Mas, nos outros anos, nós tivemos pouca torcida nos estádios. O Paraná só poderá sair da Segunda Divisão com a ajuda do torcedor”, ressaltou o ex-presidente paranista.

Sob o comando de Tissot, o Tricolor faturou o seu primeiro título na história. Em 1991, com um empate em 1 a 1, diante do Coritiba, no Couto Pereira, o Paraná faturou o Campeonato Paranaense.