Sustentar a invencibilidade que vem desde o início do Campeonato Paranaense, com 4 vitórias e 5 empates, passou a ser a principal motivação do Paraná Clube nesta reta final do 1.º turno. Caso consiga, a marca pode fazer história. Hoje, já é a 5.ª melhor, desde que o Tricolor começou a disputar o Estadual, em 1990. Caso o time ganhe do Cianorte domingo, a qual seria a primeira vitória paranista sobre o Leão do Vale, como visitante, o time iguala a série de 1995, quando ficou as 10 primeiras rodadas sem perder e foi campeão estadual.

Os números melhoram ainda mais se o Paraná Clube fechar o primeiro turno sem derrotas. Neste caso, igualaria as marcas de 1991 e 2000, quando também ficou as primeiras 11 rodadas invicto, mas terminou a competição como campeão e 3.º colocado, respectivamente. Invencibilidade, aliás, não é sinônimo de títulos na trajetória tricolor. Em 1999, por exemplo, a equipe cravou sua melhor largada no Estadual. Ficou 16 partidas sem perder (13 vitórias e 3 empates) mas acabou perdendo o título para o Coritiba.

Em números absolutos, a melhor série invicta do Paraná Clube no Campeonato Paranaense ocorreu em 1993. Foram 20 jogos, com 14 vitórias e 6 empates. Treinado por Levir Culpi, o time atuava com Régis; Marques, Gralak, Marcão e Ednelson; João Antônio, Adoílson e Tadeu; Luiz Américo, Claudinho e Tiba. Naquele ano, sagrou-se tricampeão paranaense.