O Paraná espera anunciar o nome do novo técnico para o restante da temporada ainda hoje. A diretoria estará reunida esta manhã e algumas possiblidades serão estudadas pela direção, até porque alguns profissionais foram oferecidos ao clube.

A ideia é tentar repetir o perfil de Ricardo Drubscky, um treinador experiente e conhecedor da Série B. Neste sentido, técnicos radicados na região sudeste seria uma preferência do executivo de futebol, Roque Júnior. Já os nomes de Claudio Tencati e Claudemir Sturion teriam sido oferecidos, mas teriam alguma resistência por não terem grande “bagagem” em uma grande competição nacional.

Roniery

O mercado de negociações do Paraná está agitado. A poucos dias da estreia na Série B, diante do Sampaio Correa, o Tricolor modifica as laterais. Roniery está sendo emprestado até o final do ano para o Bahia. No Tricolor desde abril de 2013, ele se destacou no Campeonato Paulista e desde que chegou ao Paraná foi o titular da posição. Neste ano, jogou apenas quatro jogos e demonstrava vontade de deixar o clube. Inclusive, parte dos direitos econômicos foi negociado com um grupo de investidores que tentaram colocá-lo no Palmeiras e no Coritiba no começo da temporada.

Se um vai embora, tem gente nova chegando. O clube está trazendo o lateral-esquerdo Bryan, que pertence ao América (MG). O jogador tem 21 anos e tem no currículo bons trabalhos. Nas categorias de base do Coelho conquistou o Campeonato Brasileiro Sub-20, em 2011.

Depois foi emprestado para o Benfica B, de Portugal. Ano passado, voltou ao Brasil para jogar a reta final do Campeonato Brasileiro pela Portuguesa.

Com a contratação, o Paraná tem no elenco quatro jogadores que podem ser utilizados nos lados do campo Rodrigo Mann, Ricardinho, Breno e Bryan. Lembrando que o clube contratou também os zagueiros Gustavo e Anderson Rosa, os volantes Ricardinho e Rodrigo Celeste e os meias Bismarck e Juliano Mineiro. Além disto, o argentino JJ.Morales deve chegar nos próximos dias para reforçar o elenco.