O Paraná Clube terá mais uma briga na Justiça para garantir os seus direitos frente ao meio-campo Elvis, revelação das categorias de base do clube. O jogador, que no ano passado teria rescindido o seu contrato com o Tricolor – alegando atraso de salários -, está perto de fechar com o Benfica, de Portugal.

Segundo o jornal lusitano, O Jogo, o clube português deverá acertar um contrato de três anos com o meia. Em entrevista ao periódico, o empresário do atleta, Célio Motobura, afirmou que o Paraná Clube não teria direito a nada, pois não vinha pagando os salários do jogador.

Já o presidente paranista, Aquilino Romani, informou que irá recorrer à Justiça para o clube ser ressarcido e poder recuperar o jogador. “Não gostamos de saídas pelas portas dos fundos. Vamos procurar defender o nosso patrimônio”, disse o mandatário paranista.