O Paraná Clube foi ao Pernambuco e voltou com uma goleada, por 4 a 1, frente ao Náutico, na noite desta terça-feira, no estádio dos Aflitos. Com o resultado, o Tricolor sobe para a décima colocação e na próxima rodada terá o clássico com o Coritiba, sábado, no Couto Pereira.

Aproveitamento perfeito

Com uma proposta de jogo bem montada, o Paraná Clube iniciou o duelo com o Náutico a todo vapor. Logo aos 6 minutos, Rodrigo Pimpão cobrou falta na área e Wanderson cabeceou para as redes, abrindo o placar nos Aflitos. Um minuto depois, a dupla paranista voltou a funcionar. Desta vez, Wanderson deixou Pimpão na frente do gol. O atacante do Tricolor soltou a bomba no canto, ampliando o marcador.

A tática feita pelo técnico Roberto Cavalo surtia efeito. O Tricolor marcava bem e saía com precisão nos contra golpes. Tanto que, aos 23min, em mais um contra-ataque rápido, Wanderson tocou para Pimpão, que, sem goleiro, apenas tocou para as redes, fazendo o terceiro do Paraná.

O Tricolor ainda teve mais duas oportunidades para ampliar o placar ainda no primeiro tempo. A dupla dinâmica – Wanderson e Pimpão – acabou perdendo boas chances no ataque.

Pressão superada

Para o segundo tempo, o time da casa foi para cima e conseguiu o seu gol aos 14min. Bruno Meneghel cobrou falta na área, a zaga paranista afastou e, na sobra, Ramirez encheu o pé para descontar. O tento deixou a equipe do Timbu animada e o Tricolor não conseguiu mais imprimir a boa tática realizada na primeira etapa.

No entanto, o Paraná soube suportar a pressão e aos 37min garantiu o resultado positivo. Lançamento para Somália, que desviou na saída do goleiro, fechando o caixão do Náutico, nos Aflitos. Final de jogo: Náutico 1×4 Paraná Clube.