O Palmeiras não via a hora de voltar a ter seus principais jogadores de volta, mas confirmou nesta quarta-feira que Obina não enfrenta mesmo o Flamengo, domingo, no Palestra Itália. A diretoria palmeirense recusou a proposta do clube carioca de reduzir em 60% o valor da multa contratual para escalar o atacante, que é de R$ 1 milhão.

Obina está emprestado ao Palmeiras até o fim do ano. E pelo contrato, ele não pode enfrentar o Flamengo, sob pena de pagar multa de R$ 1 milhão. Interessada no dinheiro, a diretoria flamenguista propôs reduzir esse valor para R$ 400 mil, mas os palmeirenses não aceitaram a oferta.

Assim, Obina continua sendo desfalque para o time do Palmeiras no domingo. Mas o técnico Muricy Ramalho poderá contar com o retorno de outros titulares importantes. O atacante Vágner Love e o volante Edmílson cumpriram suspensão, enquanto o meia Diego Souza e o lateral-esquerdo colombiano Armero estavam disputando as Eliminatórias.