O Palmeiras está muito perto de contratar o atacante Luiz Adriano, do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Representando a Traffic, o empresário André Cury se encontrará com dirigentes do clube ucraniano em Valência, na Espanha, na próxima quarta-feira.

Vai apresentar uma proposta de 3 milhões de euros (R$ 9,2 milhões), o mesmo valor que o Shakhtar pagou ao Internacional para levar Luiz Adriano em 2007. André Cury está otimista. Com o atacante, estaria tudo certo. “O Luiz Adriano quer jogar no Palmeiras”.

Luiz Adriano é o segundo atacante do Shakhtar procurado pelo Palmeiras nas últimas semanas. O primeiro foi Brandão, que chegou a aceitar uma proposta salarial para jogar por empréstimo de um ano, mas acabou sendo vendido para o Olympique de Marselha, da França.

Luiz Adriano tem 21 anos e é considerado um jogador promissor, daí o interesse da Traffic. Veloz e oportunista, autor de um gol no Mundial de Clubes da Fifa pelo Internacional, em 2006, ele teria, aos olhos da Traffic, maior potencial de revenda no futuro do que Kléber – cujo retorno ainda é esperado pela diretoria palmeirense, mas com a ajuda de outros empresários.

Com Keirrison, Marquinhos, Luiz Adriano e Kléber, a diretoria acredita que estaria muito bem servida de atacantes. E ainda tem o meia Diego Souza, que pode ser usado na frente. A princípio, Luiz Adriano seria o reserva imediato de Keirrison, mas eles poderiam jogar juntos enquanto Marquinhos não se recupera de uma cirurgia de hérnia – a previsão é que comece a jogar na metade de fevereiro.