O Palmeiras espera definir nessa semana a contratação do goleiro Aranha. Já existe um acerto entre as partes, mas a negociação estava congelada pelo fato de o jogador ainda fazer parte do Santos. Na terça-feira, no entanto, ele conseguiu a liberação na Justiça e pode chegar ao time alviverde de graça. Resta ao clube definir se realmente ele é o “escolhido”.

A diretoria trabalha com outros nomes na lista para disputar posição com Fernando Prass, mas Aranha ganhou força após ficar livre. O fato de o goleiro ter 34 anos é algo que faz algumas pessoas no clube torcerem o nariz, pois gostariam de um atleta mais jovem, entretanto, sabem que o jogador ainda vive um bom momento e pode ser um reserva à altura para fazer sombra para o titular da meta alviverde.

A ideia da diretoria é tentar definir a situação até sexta-feira. O fato de a inscrição no Campeonato Paulista ser até quinta-feira pode agilizar as conversas, mas não é fundamental, pois o clube pode inscrever mais atletas até o dia 10 de fevereiro.

A condição física de Prass é algo que preocupa a comissão técnica do Palmeiras. No ano passado, ele teve problemas e até hoje joga com uma proteção nos cotovelos, para prevenir lesões. O técnico Oswaldo de Oliveira aprova a contratação de Aranha, com quem trabalhou no Santos.

O Palmeiras já contratou 16 jogadores e a ideia é acertar com mais um goleiro e com o volante Arouca, que nesta sexta-feira tem uma audiência na Justiça e pode também conseguir a liberação de graça do Santos. O clube alviverde, inclusive, tenta facilitar as conversas e fazer um acordo com o rival, oferecendo jogadores por empréstimo.

Além de Fernando Prass, o Palmeiras conta ainda com Jailson, que chegou na fase final do Brasileiro com contrato válido até o término do Paulista e ainda não jogou uma partida profissional, e Fábio, que decepcionou no ano passado. A quarta opção é o garoto Vinicius Silvestre, oriundo da base do clube.