São Paulo (Ag. Placar) – O jogo das 16h contra o São Caetano, válido pela 10.ª rodada do campeonato paulista, poderia ser de festa para o Palmeiras, com a celebração da 350.ª participação do goleiro Marcos na equipe. No entanto, o time chegará ao ABC nervoso com a crise instalada e carregando a marca negativa de um mês, ou seis rodadas, sem vitórias na competição.

Com o ciclo interminável de problemas, a crise no Palmeiras pode ser contada por etapas. A desta semana, que prometia ser de superação da seqüência de contusões, trouxe novas baixas, algumas provisórias, outras definitivas.

Os laterais Michael e Amaral se machucaram nos treinamentos da quarta-feira e foram entregues ao departamento médico. Leandro e Paulo Baier estavam confirmados, até o veterano lateral-direito deixar de treinar com a equipe. O fato culminou com o atleta saindo definitivamente do Palmeiras, na sexta-feira.