A diretoria do Palmeiras desistiu de enfrentar o Corinthians em Presidente Prudente (565 km de São Paulo) e mandará o clássico do dia 16 de setembro na “casa” do adversário.

O vice-presidente Roberto Frizzo confirmou hoje que a partida válida pela 25ª rodada do Brasileiro acontecerá no Pacaembu.

Apesar de não pertencer ao Corinthians, o estádio recebe praticamente todos os jogos do Corinthians como mandante há anos. O Palmeiras, cuja arena está fechada para reconstrução, tem dividido suas partidas entre o Pacaembu e a Arena Barueri, em Barueri (Grande São Paulo).

“A gente preferiu dar prioridade para o nosso torcedor. O Pacaembu dá mais acesso a ele”, disse Frizzo, a respeito da desistência de jogar no interior paulista.

No calendário da CBF, a partida já estava agendada para o estádio paulistano, mas a diretoria palmeirense estudava a possibilidade de atuar em Presidente Prudente, como fez várias vezes recentemente contra o Corinthians.