Após mais de duas semanas sem partidas oficiais, o Botafogo voltará a campo nesta quarta-feira. O campeão carioca desta temporada terá pela frente o CRB, às 22 horas, no Raulino de Oliveira, pela partida de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Depois de empatar em 0 a 0 na ida, em Maceió, Oswaldo de Olivera espera um adversário retrancado, fechado na defesa e esperando uma chance casual para conseguir seu gol.

“Nós nos deparamos várias vezes com essa alternativa, como na Copa do Brasil, contra o Sobradinho (na primeira fase), além do Campeonato Carioca. Não tenho preferência. Estamos preparados para isso. Durante esse tempo até o jogo procurei atingir como objetivo no treinamento todas essas situações”, declarou o treinador.

Para esta partida, o Botafogo terá novidades. O zagueiro Antônio Carlos entrará na equipe na vaga de Dória, que está servindo a seleção brasileira sub-20. Na lateral esquerda, Lima ocupará o lugar de Julio Cesar, que se recupera de lesão. “Esses dois jogadores já estão habituados a entrar. Antônio Carlos nem se fala, Lima tem atuado com frequência razoável. Vão dar conta do recado”, garantiu Oswaldo.

Com um bom desempenho no primeiro semestre, quando garantiu os títulos da Taça Guanabara e da Taça Rio – e consequentemente o Campeonato Carioca -, o Botafogo entra no Campeonato Brasileiro como um dos favoritos. A equipe estreia no sábado, diante do Corinthians, no Pacaembu, e o próprio Oswaldo de Oliveira admitiu que espera estar brigando pelo título ao fim da competição.

“Não diria por ganhar o Campeonato Carioca, mas pela produção da equipe. Conseguimos alcançar um patamar, mas o Brasileiro ganha em competitividade. Chegar é muito difícil, são muitas equipes preparadas. Vamos entrar nessa corrida para tentar aproximação maior e chegar ao título. É preciso continuar trabalhando para não perder qualidade e consistência. Tenho muito otimismo e confiança em relação ao Botafogo”, apontou.