O placar magro de 1 a 0 no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil não chegou a empolgar o técnico Oswaldo de Oliveira, mas mesmo assim ele ficou satisfeito com o triunfo do Botafogo diante do Figueirense, na noite de quarta-feira, em Volta Redonda. Para o treinador, o time alcançou o objetivo de não levar gols em casa.

“Esperava uma vantagem maior pois criamos paras isso. De qualquer forma, cumprimos o objetivo de vencer o jogo e o adversário não marcar dentro da nossa casa. É uma vantagem benéfica”, disse o treinador, só lamentando que o time não tenha conquistado um placar mais dilatado na partida em Volta Redonda.

Com o triunfo por 1 a 0, o Botafogo precisa de um empate ou até mesmo uma derrota por um gol de diferença, desde que marque como visitante, para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil, no dia 24 de julho, quando vai enfrentar o Figueirense em Florianópolis.

Agora, porém, o time vai concentrar as suas atenções no Campeonato Brasileiro. Em terceiro lugar, com 10 pontos, o time volta a entrar em campo no próximo domingo, quando vai enfrentar o Fluminense na Arena Pernambuco, pela sexta rodada do torneio nacional.