enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Oposição critica a forma com que a criação da Funcap foi proposta

“Sou simpático a ideia de contestar. Temos que saber a finalidade, disse Malucelli

  • Por Redação

Pessoas divergentes ao mandato do presidente Mário Celso Petraglia, propositor da Funcap, criticaram a forma com que a criação da Fundação foi proposta aos seus conselheiros. O ex-vice-presidente de futebol do Atlético, João Alfredo Costa Filho, queria que o estatuto social fosse mais discutido entre os membros do Conselho Deliberativo. “Que fique bem claro que não sou contra a Funcap, mas sim da maneira como foi elaborada a proposição. Um dia antes eles divulgaram a minuta e deram aos conselheiros somente na entrada da reunião. Tenho certeza que todos os conselheiros deveriam ler e discutir as cláusulas da Fundação, e não como aconteceu, se aceita ou não aceita. Acredito que os sócios deveriam ter participação nessa decisão e uma assembleia geral deveria ter sido realizada para que todos pudessem opinar”, avaliou Costa Filho.

O ex-presidente Marcos Malucelli, acredita que a proposta da Funcap não assusta, mas sim de quem está propondo a ideia. “Apoio a princípio a Funcap, pois há uma certa procedência. A Funcap tem a sua finalidade, mas o que assusta mesmo é quem propôs. Vindo de quem veio (Petraglia), sempre temos dúvida a respeito. Mas em si, não é um mal e pode até ser um bem para o clube, desde que a questão fosse debatida e levada a conhecimento dos sócios e conselheiros com antecedência”, frisou Malucelli.

Ele também concorda com a ação de nulidade. “Sou simpático a ideia de contestar. Temos que saber qual será a finalidade da Funcap e que bens do Atlético farão parte. São muitas dúvidas. Precisamos saber também o que o Ministério Público pensa sobre isso. Será uma forma do atleticano discutir a Fundação”, finalizou.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas