O Operário saiu na frente do Metropolitano-SC, na segunda fase da Série D do Brasileiro. Ontem, em Ponta Grossa, o Fantasma venceu o time de Blumenau por 1 a 0. Também ontem, o Iraty foi derrotado em casa pelo Joinville-SC, por 2 a 0.

As partidas de volta estão marcadas para o próximo domingo. O Operário joga por um empate na casa do adversário. O Azulão está em situação bem complicada e precisa de uma vitória por pelo menos três gols de diferença em Santa Catarina.

Com de 3.800 pessoas no Estádio Germano Krüger, o Fantasma conquistou mais uma vitória na raça. O alvinegro contou com as estreias de Rogerinho e Edson Grilo e pressionou desde o início da partida.

Mas só conseguiu furar a retranca do Metrô aos 24 do segundo tempo, quando Edenílson aproveitou o rebote do goleiro João Paulo e mandou para a rede. Edenílson e Léo Gazola ainda tiveram chances para ampliar o placar, mas o resultado ficou mesmo em 1 a 0 para o Operário.

Agora, um empate basta para o Fantasma seguir em frente na quarta divisão do futebol brasileiro. Se o Metropolitano vencer por um gol de vantagem, a vaga será decidida nos pênaltis.

Complicou

Em Irati, o Joinville acabou com a sequência de 15 jogos sem derrota em casa do Azulão. Os catarinenses aproveitaram os contra-ataques para construir a vitória por 2 a 0 e praticamente acabar com as chances do time paranaense.

O primeiro gol saiu aos 28 da primeira etapa. Rafael Tesser, ex-Coritiba, tocou para Neném, que havia acabado de entrar e não perdoou. Aos 45 do segundo tempo, o JEC sacramentou a vitória, com Ricardinho, de pênalti. Agora, só uma goleada em Joinville salva a pele do Iraty. Uma vitória paranaense por dois gols de vantagem leva a disputa para os pênaltis.