Em uma tarde em que os termômetros marcaram 36ºC no Estádio do Café, o Operário venceu o Londrina por 2×1 pela 28ª rodada da Série B, do Campeonato Brasileiro. A derrota deixou o Tubarão em uma situação complicada, a um ponto do Z4. Já o Fantasma terminou a partida na 9ª posição.

No primeiro tempo, o Operário teve mais posse de bola, mas pecou na transição da defesa para o ataque. Porém, foi o Londrina que teve a primeira chance real de gol. Aos 41 minutos, a bola sobrou para Dirceu na entrada da área. Ele chutou cruzado, a bola desviou na zaga e passou muito próxima à trave do goleiro Rodrigo Viana.

Quatro minutos depois, foi a vez do Fantasma. O lateral-direito John Lennon passou por dois, cruzou rasteiro e César perdeu a oportunidade de abrir o placar da partida. No final da primeira etapa, a torcida do Londrina vaiou a saída do time.

Já no segundo tempo, o sol deu uma trégua e favoreceu o ritmo do jogo. Aos 10 minutos, o Fantasma abriu o placar. John Lennon entrou pelo meio e deu uma assistência para Lucas Batatinha, que estava livre na área. O atacante só teve o trabalho de deslocar o goleiro e chutar para o fundo da rede.

Depois de levar o gol, o técnico Mazola Júnior deixou o Londrina mais ofensivo. O lateral-direito Raí Ramos, que estava improvisado no meio de campo, saiu e deu lugar ao atacante Matheuzinho. A alteração surtiu efeito e o Tubarão foi para o ataque.

Aos 23 minutos, em uma boa jogada, o lateral Breno cruzou para o capitão Germano que, de perna esquerda, empatou o jogo. No entanto, a alegria durou pouco para o Londrina. Quatro minutos depois, o goleiro Rodrigo Viana derrubou Lucas Batatinha na área e o juiz marcou pênalti. Uilliam bateu bem e colocou o Operário na frente de novo.

Não demorou muito para o Operário ameaçar outra vez. Em um lançamento longo pela direita, Lucas Batatinha se livrou da marcação e passou a bola para Uilliam, que mesmo desequilibrado, acertou o travessão.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Já no final da partida, o Londrina perdeu a melhor chance de sair com pelo menos um ponto. Aos 45 minutos, em um cruzamento pela direita, Junior Pirambu foi derrubado na área por Edson Borges. O juiz marcou o pênalti. Pirambu bateu e a bola explodiu no travessão.

Com o resultado, o Londrina permanece com 31 pontos, sendo o primeiro fora da zona de rebaixamento. Esta é a terceira derrota seguida do Tubarão. O Operário, que acabou com o jejum de derrotas, terminou a partida com 39 pontos na 9ª posição.

Próxima rodada

O Londrina recebe o Figueirense, no Estádio do Café, na terça-feira (15), às 19h15. O Operário enfrenta o CRB, no Rei Pelé, também na terça-feira, às 20h30.

Ficha Técnica

SÉRIE B
2° Turno – 28ª Rodada
LONDRINA 1X2 OPERÁRIO

Londrina
César; Alemão, Dirceu, Augusto e Juninho (Breno); Germano, Charles, André Moritz (João Paulo) e Raí Ramos (Matheuzinho); Júnior Pirambu e Luidy.
Técnico: Mazola Júnior

Operário
Rodrigo Viana; John Lennon (Marcelo), Edson Borges, Alisson e Peixoto; Jardel, Índio, Rafael Chorão; Lucas Batatinha, Uilliam (Chicão) e Cléo Silva (Jean Carlo).
Técnico: Gerson Gusmão

Local: Estádio do Café (Londrina)

Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)
Assistentes: Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)

Gols: Lucas Batatinha, 10 do 2º; Germano, 23 do 2º, Uilliam (de pênalti) aos 27′ do 2ºT;
Cartões amarelos: César, Dirceu, Germano e Charles (LEC); Edson Borges, Alisson e Jardel (OFEC)

Renda: R$ 19.874,00
Público pagante: 1.703