Berlim – A Alemanha realmente não vive um período dos mais felizes a 91 dias do início da Copa do Mundo. Não bastassem as goleadas sofridas dentro de campo pelas equipes alemãs para as italianas, agora, fora de campo, o país da Copa encara mais um abalo. Pelo menos cinco jogos da Segunda Divisão da Bundesliga e em outras ligas regionais foram manipulados por um esquema de apostas parecido com o do ex-árbitro Robert Hoyzer, já condenado pela Justiça alemã, segundo publicado na edição de ontem do jornal alemão Bild.

Segundo o diário, o esquema de manipulação envolvia a compra de jogadores e o acerto com apostadores. Ainda de acordo com o jornal, quatro envolvidos já estão presos na Promotoria Pública de Frankfurt.

Ainda näo se sabe qual a extensão do esquema, mas as primeiras informações revelam que as apostas eram feitas no exterior, em sua maioria. Não era um esquema baseado em vitória ou derrota. Os apostadores tinham de precisar quantos gols o jogo teria. Então, alguém na Alemanha fazia o contato com os jogadores da partida em questão e oferecia altas somas pela exata quantidade de gols necessária.