enkontra.com
Fechar busca

De Letra

No México, Palmeiras enfrenta o Tijuana pelas oitavas

Uma viagem de 17 horas, um gramado totalmente diferente e uma recente eliminação de campeonato para um rival, após muita luta, são alguns dos ingredientes que fazem o time do Palmeiras ter a obrigação de se superar contra o Tijuana, nesta terça-feira, às 22h30 (de Brasília), no México, e passar por cima de tudo que possa servir como empecilho para conseguir levar a decisão das oitavas de final da Copa Libertadores – na próxima terça – para São Paulo ainda com boas chances de conseguir a classificação à próxima fase.

A equipe alviverde realizou dois treinamentos em campo sintético no Brasil e fez o reconhecimento do gramado do estádio Caliente para conseguir o mais rápido possível se adaptar com o campo sintético. O rival Corinthians enfrentou os mexicanos na fase de grupos e perdeu no México por 1 a 0, reclamando muito da condição do gramado.

A vantagem para o Palmeiras é que os dois jogos dos mexicanos contra os rivais serviram para o técnico Gilson Kleina conhecer melhor o adversário e saber, por exemplo, que o Tijuana aposta muito na dupla Riascos e Martínez, eficientes nos toques de bola pelo meio da área.

Por isso, o treinador admitiu a possibilidade de escalar Henrique como volante – como o antecessor Felipão fazia – e com isso reforçar a marcação no meio de campo. Se fizer isso, André Luiz, que estreia na Libertadores após ser inscrito, formaria dupla de zaga com Maurício Ramos.

No ataque, Kleber ganha uma oportunidade. Após o gol marcado contra o Santos, o atacante demonstrou para Gilson Kleina mais confiança, por isso fica com a vaga ao lado de Vinícius. O treinador sempre gostou de jogar com um atacante mais dentro da área e a dificuldade em conseguir ter a bola no pé pode facilitar o time na busca por um gol através dos cruzamentos para a área.

Voltar para São Paulo com um empate já seria considerado um bom resultado. O Palmeiras perdeu os três jogos que fez como visitante na Libertadores – para Libertad, no Paraguai, Tigre, na Argentina, e Sporting Cristal, no Peru.

O Tijuana aposta tudo em Martínez, o “sósia” de Neymar. O atacante aproveita o fato de conhecer bem o gramado e consegue impor o seu ritmo na corrida, oferecendo muito perigo ao adversário. Na Libertadores, o time mexicano venceu todos os jogos em casa.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas