Colônia – O 1.º tempo foi da Inglaterra, o 2.º tempo da Suécia. No final, o empate em 2 a 2, em Colônia, foi um resultado justo. Os dois gols suecos foram resultados de chuveirinhos. Os ingleses também fizeram um de cabeça, com Gerrard. Mas foram bem menos efetivos nesse fundamento que o time da Suécia.

Ainda assim, os ingleses terminaram como líderes do Grupo B: conseguiram fugir da Alemanha e agora enfrentam o Equador, domingo. Já a Suécia encara os anfitriões no sábado.

Ontem, logo no 1.º minuto a Inglaterra perdeu Michael Owen, que machucou sozinho o joelho direito e foi substituído por Crouch, de 2,01m. E os ingleses passaram a revezar os chuveirinhos com jogadas pela esquerda, com Joe Cole – abusado, o camisa 11 inglês ensaiou algumas pedaladas e não fez feio. Bonito mesmo ele fez aos 33 minutos: aproveitando uma bola espirrada da área, Joe Cole matou no peito e, sem deixar cair no chão, mandou uma bomba, com efeito, que entrou no ângulo esquerdo do goleiro Isaksson.

Na 2.ª etapa, os suecos resolveram usar a mais tradicional arma inglesa, o chuveirinho. Aos 5 minutos empataram após escanteio. Allback se antecipou a Beckham e cabeceou com estilo, sem chances de defesa para Robinson. Foi o gol número 2.000 em Copas.

A Inglaterra chegou ao 2.º gol, de cabeça, já aos 40? com Gerrard. A vitória parecia certa. Mas, aos 45?, após uma cobrança de lateral, com a bola jogada na área, Campbell ?furou? e Larsson aproveitou: 2 a 2.

Paraguai vence – Em sua despedida do Mundial, o Paraguai ajudou a acabar com o sonho de Trinidad e Tobago de chegar às oitavas-de-final, ao vencer por 2 a 0.