Em um dia em que o ‘7 a 1’ foi um dos temas mais comentados do País, especialmente nas redes sociais, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não ignorou o tema. No aniversário de um ano da histórica goleada sofrida na semifinal da Copa do Mundo de 2014, o perfil oficial da entidade no Twitter publicou mensagem otimista e logo virou motivo de chacota.

“Há um ano, a apaixonada torcida brasileira vivia um momento triste. Sabemos o tamanho do desafio e temos trabalhado, incansavelmente, para que esta camisa, com o peso de suas cinco estrelas, volte a brilhar intensamente”, escreveu a CBF, ao compartilhar uma foto da camisa da seleção brasileira.

Logo a mensagem foi ironizada. “Enquanto voca digitava saíram dois gols da Alemanha”, escreveu um internauta. “Agora a Dona Lucia invadiu o Twitter de vocês também?’, questionou outro, em referência ao personagem que escreveu a carta apoiando a seleção após o 7 a 1. Um enorme número de mensagens, entretanto, batia na tecla: “7 a 1 foi pouco”