(AE) – Além do início da venda dos ingressos para os Jogos Pan-Americanos do Rio, o torcedor terá uma outra dor de cabeça quando a comercialização das entradas começar, no próximo dia 27. Nos esportes coletivos, com exceção do basquete, não haverá como o comprador saber quais seleções irá assistir na hora de adquirir o bilhete.

A razão para essa ?compra no escuro? é que as tabelas de jogos do Pan ainda aguardam aprovação de confederações pan-americanas de cada esporte coletivo. Um bom exemplo desse problema é o vôlei masculino, no qual o Brasil é favorito à medalha de ouro. Ainda não há data prevista para a divulgação dos confrontos dos jogos, apesar de os grupos já estarem montados.

No Grupo A masculino do vôlei no Pan, ficaram: Brasil, Canadá, Cuba e México. No Grupo B, estão Estados Unidos, Argentina, Porto Rico e Venezuela.

No primeiro dia de competição da modalidade, em 23 de julho, quatro jogos estão programados.

O primeiro começará às 14h, o segundo às 16h, o terceiro inicia-se às 20h e o último, às 22h. Mas, ao acessar o site para assegurar as entradas, o torcedor não encontrará especificado que equipes irão se enfrentar.

O Comitê Organizador dos Jogos (Co-Rio) confirmou que começará a comercializar os ingressos sem que todas as partidas estejam especificadas no plano de vendas. Mas alegou que divulgará os confrontos assim que as confederações pan-americanas de cada esporte forem dando o aval para o programa elaborado pela organização.

Como o basquete é o único esporte com partidas determinadas, o torcedor ao menos pode saber que a seleção brasileira feminina estréia no dia 20 de julho contra a Jamaica, às 22h (jogo 4). Depois, volta a atuar no dia seguinte, contra o México, às 16h (jogo 2) e termina a primeira fase contra o Canadá, às 22h do dia 22.

Já o masculino entra em quadra no dia 25, contra Ilhas Virgens, às 15h30 (jogo 2), depois atua contra Canadá, no dia 26, às 10h (jogo 1), e finaliza a fase inicial diante de Porto Rico, às 22h do dia 27.