Tantas vezes envolvido em polêmicas por conta do que considera ser um excesso de faltas sofridas, Neymar garante que essa perseguição em campo não vai apressar sua ida para a Europa. Nesta sexta-feira, em evento de apresentação dele como novo embaixador mundial da Volkswagen do Brasil, o santista lembrou que a violência sobre os melhores jogadores existe em todo o mundo.

“Faltas acontecem em todos os lugares do mundo, não é só no Brasil. O Messi e o Cristiano Ronaldo também sofrem com faltas. E aqui no Brasil, Lucas e outros jogadores rápidos são marcados dessa maneira. Isso não muda o que penso sobre ficar ou sair do Brasil”, afirmou o santista.

Neymar se assemelha a Messi e Cristiano Ronaldo não apenas nos dribles e nas consequentes faltas sofridas, mas também no apelo publicitário. Com o acordo com a Volkswagen, anunciado nesta sexta-feira, o santista já acumula 10 patrocinadores individuais. Antes de fechar com a empresa alemã, ele já era garoto propaganda do banco Santander, Nike, Panasonic, Unilever, Claro, Red Bull, Lupo, Tênis Pé Baruel e Ambev.

O contrato com a Volkswagen vai até 2016 e inclui a participação de Neymar em campanhas publicitárias e a presença dele em eventos da empresa. Além disso, o atacante vai usar carros da Volkswagen no dia-a-dia.

“O nosso novo embaixador é o melhor jogador do Brasil no momento e do mundo no futuro. Vai nos ajudar na meta de nos tornamos líder mundial”, afirmou o executivo presidente da Volkswagen no Brasil Thomas Schmall. “Temos uma afinidade: nós e o Neymar sabemos fazer gols. Só que nós já fizemos mais de seis milhões”, completou ele, citando um dos modelos fabricados pela empresa, o Gol.