O Denver Nuggets teve que superar uma lesão sofrida pelo pivô brasileiro Nenê Hilário para se manter vivo nos playoffs da Conferência Oeste da NBA. Na noite de quarta-feira, a equipe derrotou o Utah Jazz por 106 a 102, em casa, e diminui a vantagem do adversário na série melhor de sete jogos para 3 a 2.

Nenê atuou por 14 minutos, com dois pontos, um rebote e quatro assistências. Ele deixou o jogo após um choque com Carlos Boozer, do Jazz, em que torceu o joelho esquerdo, no primeiro tempo. Para deixar a quadra, o pivô brasileiro teve que ser amparado pelo fisioterapeuta do Nuggets. Agora, Nenê será reavaliado, mas corre o risco de perder o restante dos playoffs.

No triunfo, o Nuggets foi liderado pelo ala Carmelo Anthony, que fez 26 pontos e pegou 11 rebotes. Já Deron Williams, do Jazz, foi o cestinha da partida, com 34 pontos e ainda deu dez assistências. Carlos Boozer também conseguiu um “double-double”, com 25 pontos e 16 rebotes.

Fora de casa, o Milwaukee Bucks surpreendeu ao derrotar o Atlanta Hawks por 91 a 87. Com o triunfo, a equipe abriu 3 a 2 na série melhor de sete jogos dos playoffs da Conferência Leste da NBA. Para isso, contou com um desempenho brilhante no último quarto em que tirou uma vantagem de oito pontos do Hawks.

Brandon Jennings foi o cestinha do jogo, com 25 pontos, enquanto John Salmons se destacou com 19 pontos, seis rebotes e cinco assistências. Al Horford liderou o Hawks, com 25 pontos e 11 rebotes, mas não conseguiu evitar a derrota da sua equipe.

Os playoffs da NBA prosseguem nesta quinta-feira com as partidas San Antonio Spurs x Dallas Mavericks e Portland Trail Blazers x Phoenix Suns.