O Napoli se aproveitou do empate do Milan com a Fiorentina mais cedo, neste domingo, para abrir uma boa vantagem na vice-liderança do Campeonato Italiano, que vale vaga direta à fase de grupos da próxima edição da Liga dos Campeões da Europa. No estádio San Paolo, em Nápoles, o time da casa derrotou o Genoa por 2 a 0, no complemento da 31.ª rodada, e agora tem quatro pontos de vantagem – 62 a 58.

Com a Juventus tranquila na primeira colocação, com 71 pontos, Napoli e Milan brigam pelo segundo lugar. No próximo domingo, pela 32.ª rodada, os dois times se enfrentam no estádio San Siro, em Milão. Por isso, a vitória sobre o Genoa foi importante para manter os napolitanos na segundo posição mesmo em caso de derrota.

Os gols do Napoli aconteceram ainda no primeiro tempo. Aos 18 minutos, o atacante macedônio Pandev recebeu do uruguaio Cavani na entrada da área, cortou para o meio e chutou forte no ângulo direito do goleiro do Genoa para abrir o placar. O segundo gol, aos 29, aconteceu depois de um contra-ataque rápido puxado pelo meia eslovaco Hamsik, que encontrou Dzemaili livre pela esquerda. O suíço dominou e chutou cruzado para marcar o seu quarto gol nos últimos dois jogos.

Com a vantagem, o Napoli tratou de administrar o resultado positivo e até poderia ter aumentado, já na segunda etapa, mas Cavani desperdiçou uma cobrança de pênalti aos 20 minutos – o goleiro Frei defendeu.

Quem deu vexame neste domingo foi a Internazionale. Em casa, o time de Milão foi derrotado de virada pela Atalanta por 4 a 3. O destaque da partida foi o atacante argentino Denis, autor de três gols para a equipe de Bérgamo, que ocupa posição intermediária na tabela de classificação.

O péssimo resultado manteve a Internazionale na sexta colocação, com 50 pontos, ainda na briga por uma vaga na próxima edição da Liga Europa.