O espanhol Rafael Nadal esteve sob risco de ser eliminado, mas conseguiu uma virada em grande estilo nesta sexta-feira para se garantir nas semifinais do Masters 1000 de Madri, disputado em quadras de saibro. Em duelo entre tenistas da casa, o número 5 do mundo derrotou David Ferrer, quarto colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 7/6 (7/3) e 6/0, em 2 horas e 36 minutos.

O triunfo, mesmo que sofrido, confirmou o excelente retrospecto de Nadal diante de Ferrer, agora com 18 vitórias em 22 partidas. Agora, ele espera a definição do seu adversário nas semifinais do Masters 1000 de Madri, que sairá do duelo entre o japonês Kei Nishikori, algoz do suíço Roger Federer, e o espanhol Pablo Andujar.

No primeiro set da partida desta sexta, Ferrer conseguiu uma quebra de serviço no quarto game, que foi devolvida por Nadal no sétimo. No 10º game, porém, o número 4 do mundo converteu um break point para fechar a parcial em 6/4.

O segundo set foi emocionalmente, com reviravoltas provocadas pelas seis quebras de serviço, três para cada tenista. Ferrer chegou a abrir 4/2, porém, permitiu a reação de Nadal, que fez 5/4 e sacou para fechar a parcial, mas foi quebrado pelo compatriota. Assim, a disputa seguiu para o tie-break, vencido por Nadal, o que provocou a realização do terceiro set.

Na parcial decisiva, o equilíbrio que marcou o restante do jogo não apareceu. Nadal foi avassalador, dominou completamente a disputa e conseguiu três quebras de saque para vencê-la por 6/0, garantindo sua classificação para a próxima etapa do torneio madrilenho.

BRUNO SOARES – O brasileiro Bruno Soares está classificado para as semifinais da chave de duplas do Masters 1000 de Madri. Nesta sexta, o tenista mineiro e o austríaco Alexander Peya avançaram no torneio com vitória sobre o canadense Daniel Nestor e o sueco Robert Lindstedt, dupla cabeça de chave número 3, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2, em 1 hora e 4 minutos.

Na partida, Soares e Peya não tiveram o saque quebrado – salvaram três vezes o saque – e converteram três de nove break points. Agora, eles vão enfrentar os vencedores da partida entre os espanhóis David Marrero e Fernando Verdasco contra o bielo-russo Max Mirnyi e o romeno Horaic Tecau. Soares disputou a semifinal de Madri em 2009, ao lado do zimbabuano Kevin Ullyett, e agora tentará superar a campanha de quatro anos atrás.