O espanhol Rafael Nadal está classificado para a final do Masters 1000 de Madri, disputado em quadras de saibro. Neste sábado, o número 1 do mundo derrotou o suíço Roger Federer, terceiro colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/1 e 6/3, em 2 horas e 36 minutos. Assim, ampliou a sua invencibilidade em quadras de saibro para 37 jogos, com a sua última derrota tendo acontecido na edição de 2009 de Roland Garros.

Com a vitória, Nadal ampliou a sua vantagem no confronto direito com Federer para 16 a 8, sendo o segundo triunfo em 2011, já que eles também duelaram no Masters 1000 de Miami. Em quadras de saibro, o domínio do espanhol é ainda maior, com 11 vitórias e apenas duas derrotas.

Campeão do Torneio de Barcelona e do Masters 1000 de Montecarlo neste ano, Nadal buscará o seu terceiro título em 2011 na final contra o vencedor do duelo entre o sérvio Novak Djokovic, segundo colocado no ranking da ATP, e o brasileiro Thomaz Bellucci, número 36 do mundo.

No duelo deste sábado, Nadal conseguiu o triunfo ao obter cinco quebras de serviço em 12 oportunidades contra duas quebras de Federer em 11 chances. Além disso, o espanhol cometeu menos erros não-forçados – 18 a 45 -, o que minimizou o número inferior de winners – 25 a 37.

Federer começou mal a partida e teve o seu serviço quebrado logo no primeiro game. Nadal chegou a abrir 4/2, mas o suíço reagiu e devolveu a quebra de serviço, empatando parcial em 4/4. No 12º game, Federer conseguiu nova quebra de saque para fechar o set em 7/5.

A reação de Nadal foi imediata. No segundo set, o tenista espanhol conseguiu quebras de serviço no primeiro e terceiro games. Assim, conseguiu abrir 4/0. Com nova quebra no sétimo game, o espanhol fechou a parcial em 6/1 e empatou a partida, provocando a realização do terceiro set.

Na parcial decisiva, Nadal conseguiu uma quebra de serviço no quarto game e fez 3/1. Depois, confirmou o seu saque mais três vezes para fechar a parcial em 6/3 e a partida em 2 sets a 1. Agora, na final, diante de Djokovic ou Bellucci, defenderá o seu título de 2010 do Masters 1000 de Madri.