Sumida, primeiro no pódio,
estréia particípação em um mundial.

No ano passado, quando o atleta curitibano Leonardo Sumida, de 17 anos, preparou um projeto esportivo para apresentar a potenciais patrocinadores em 2004, informou que uma de suas metas para o ano seria conseguir convocação para a seleção brasileira de natação. Depois de dez anos de treinamento e conquista de inúmeros campeonatos, o vencedor dos Jogos da Juventude do Paraná em 2003 e vice-campeão brasileiro no mesmo ano achava que estava preparado para braçadas mais ousadas. E tinha razão.

Sumida foi convocado para integrar a seleção brasileira de natação júnior e, em abril, viajará com outros 30 nadadores brasileiros para a Polônia, onde será realizado o campeonato Multinations. “Será minha primeira competição estrangeira e também a primeira pela seleção”, comemora o atleta que, desde 2002, conta com o apoio da Lei Municipal de Incentivo ao Esporte, que tem permitido que novos talentos alcancem objetivos que, sozinhos, não conseguiriam.

“O incentivo da Prefeitura foi muito importante para mim, porque me ajudou a pagar viagens para participar de campeonatos fora do município”, diz Sumida. Até agora ele só conta com o incentivo do município e o patrocínio da empresa do pai, a J. Sumida Comunicação Visual.

O atleta recebeu a notícia da convocação quando cumpria mais um dia de treinamento. “Estava na piscina quando meu pai ligou para dar a notícia”, lembra. Sumida cursa Administração pela manhã e, à tarde, costuma treinar três horas por dia, de segunda a sábado. Ele tinha esperança de ser chamado, porque sabia que alguns atletas que participarão das Olimpíadas de Atenas não irão para a Polônia.

Sorte de Sumida, que terá a chance de mostrar o que melhor sabe fazer. Nadará costas e 200 medley.