O Fluminense anunciou nesta segunda-feira a demissão do gerente de futebol do clube, Gustavo Mendes, um dia depois de o time empatar por 1 a 1 com o Náutico, no Maracanã, e ampliar a sua agonia na lanterna do Campeonato Brasileiro.

A decisão foi divulgada após uma reunião realizada na tarde desta segunda-feira, que contou com a cúpula do futebol do Fluminense. Mendes perdeu força no clube depois da demissão do vice-presidente de futebol, Tote Menezes. O seu substituto, Ricardo Tenório, foi justamente quem comunicou a demissão de Mendes.

A demissão do gerente de futebol foi mais uma demonstração de como anda conturbada a administração do Fluminense, já que Ricardo Mendes ocupava o cargo há pouco mais de um mês apenas.

O período de mudanças na diretoria do Fluminense coincide com o das promovidas também no comando da equipe dentro de campo. No último domingo, Cuca estreou como técnico do time, após assumir o lugar de Renato Gaúcho, demitido depois de 40 dias de trabalho no clube. Cuca já é o quinto treinador a dirigir a equipe nesta temporada.